Precisar, não precisa, mas é uma mão na roda: Centrífuga para Salada

Decidi criar essa tag pro blog motivada pelas milhares de novidades com os quais nós, cozinheiras(os) amadores, nos deparamos diariamente. É tanta novidade que eu fico confooosa!

A bem da verdade, nada além de uma faca, uma colher de pau e uma panela é indispensável para a arte de cozinhar, afinal, não foi assim que a humanidade sobreviveu até o século 19?

Pois muito bem. A questão é que não estamos mais no século 19, a eletricidade é uma realidade, o homem já foi à Lua, já inventaram o OB e a modernidade taí. Ou você acha mesmo que se nossas bisavós pudessem ter uma batedeira pra bater a nata até virar manteiga ela ia mesmo dizer: “não, não, quero passar uma hora aqui batendo isso na mão, eu curto uma ~musculação~.

Se tem novidade, utensílios e máquinas que facilitam a vida e o trabalho, WHY NOT? Muitas coisas parecem fúteis à primeira vista, outras realmente são totalmente dispensáveis mas cabe a cada um escolher se quer ter ou não, e outras ainda não passam de uma invenção para ganhar dinheiro.

Utensílios de cozinha: quem são? Onde vivem? Para que servem? Como se reproduzem? Hoje, no Globo Repórter.

Voltando…

Tudo isso começou quando, um belo dia na loja de chinês, me deparei com essa jeringonça, a Centrífuga para Salada, para os íntimos, Secadora de Salada:

Secadora de Saladas

Vivi vinte ~E TANTOS~ anos sem ela? Sim. Poderia viver mais vinte ~E TANTOS~ anos sem? Com certeza. Mas olha, que mão na roda!

O processo de lavar as folhas para a salada é complexo e realizado em etapas, devo dizer. Não é só dar aquela lavadinha, assoprar e por no prato não, caro colegue. Primeiramente, mergulha-se as folhas em água com produto/água sanitária para matar todos os habitantes indesejados das folhas. Depois, as folhas devem ser bem enxaguadas, para ninguém comer salada com produto químico. Por fim, MAS NÃO MENOS IMPORTANTE, as folhas devem ser bem secadas a fim de evitar fungos e que estraguem. Ninguém curte comer folha molhada, neam?

A secadora facilita todo esse processo, permitindo que você faça todo o trabalho em apenas um local. Adeus deixar as folhas secando na peneira por 3 horas para que dê tempo de secar tudo. Em cinco minutos, tá pronto!

Com a centrífuga, você coloca sua folhinhas lá dentro, cobre com água e coloca o produto para matar ~germes~ por 10 minutos.

Centrífuga para Salada

Depois, escorra a água, encha novamente com água limpa e enxague para que o produto de limpeza saia.

Em seguida, gire a alavanca de cima, para que o compartimento de dentro gire e escorra o excesso de água.

Centrífuga para SaladaTa daaaaaaaaaaaaaaaaam! Folhas secas em dois minutos!

Centrífuga para SaladaGente, não preciso dizer que eu virei adepta dele todos os dias, né? Não precisar mais ficar balançando as folhas de um lado pro outro na peneira.. Oh Glória!

A minha centrífuga anônima (não tem a marca gravada em nenhum canto) é toda de plástico e eu comprei por 5 euros numa loja de chinês perto da minha casa, mas já vi até em supermercado, na área de utensílios de cozinha, para vender.

Ganhou o selo “Precisar, não precisa, mas é uma mão na roda” com louvor!

Este post NÃO É publieditorial.

Anúncios

2 comentários sobre “Precisar, não precisa, mas é uma mão na roda: Centrífuga para Salada

Obrigada por seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s