20 Maneiras de Economizar na Cozinha

20 Maneiras de Economizar na Cozinha

Imagem daqui

É verdade que cozinhar é um hobby por vezes caro. Uma peça de filé mignon custa o olho da cara, trufa negra é algo que com muita sorte a gente vai comer uma vez na vida no aniversário de 20 anos de casamento e vinho envelhecido é algo que só na casa daquele amigo phyno e rycoh que é despreendido das Dilmas.

Mas com um pouco de planejamento, é possível economizar dinheiros na cozinha – nem que seja para gastar com outros produtos/ingredientes. Algumas dicas são práticas, outras nem tanto assim, mas que podem ser adaptadas em qualquer cozinha.

  1. Faça sua própria horta
    Parece super trabalhosa, mas não é. Uma horta em casa vai te fornecer ervas fresquinhas e por um custo muito menor do que comprar todas as vezes que precisa. Olha só o cálculo: um vasinho de ervas custa, em média, € 1,30 (no Brasil não é muito mais do que isso). Com um saco de terra que custa € 1 e dá para muuuuuuuuuita horta + pedras que você pode pegar na rua ou no quintal e adubo como cascas de ovos, seu único trabalho será aguar a planta esporadicamente. Com isso você terá suas ervas por meses a fio. Comprando a erva em saco, você a comprará por € 1,20 e a terá por um dia, pois elas logo morrerão. E ainda vai ter que jogar um monte de erva fora, pois eu duvido que você consiga usar um pacote de salsinha de uma vez.
  2. Não compre só porque está barato
    Não adianta comprar  horrores de quantidade só porque está baratinho. Você não conseguirá usar tudo e ainda vai desperdiçar dinheiro que poderia ser gasto em coisas mais urgentes. Muitas vezes é o barato que sai caro.
  3. Faça compras semanalmente e fique de olho nas promoções
    Comprar itens para o mês inteiro, ainda mais se forem perecíveis, só lhe fará gastar dinheiro. Planeje mais ou menos o que será feito durante a semana e vá ao supermercado apenas para comprar o necessário para aquela semana. Comidas excepcionais, que não estavam no planejamento, pedem uma ida ao supermercado apenas para comprar o necessário para fazê-la. E vale a pena ficar atento(a) às promoções, mas nada de exagerar e comprar além do necessário só porque está barato! Compre apenas o que realmente precisa e irá usar.
  4. Leve lista – e siga-a!
    A lista é sua boa e velha amiga, utilize-a e siga-a à risca! Planeje antes o que está faltando, olhe despensa, geladeira e freezer antes de sair para o supermercado, assim você evita gastar mais do que deveria. E, se possível, não faça supermercado com fome!
  5. Utilize as sobras
    A comida de ontem sobrou? Invente algo com as sobras! Tem um monte de restinhos de ingredientes, tipo um pouco de peito de frango desfiado, um resto de cenoura ralada, uma abobrinha pela metade? Faça um couscous e misture tudo, para não perder nada. Não jogue fora o que ainda é comida. Existem muitas pessoas com fome no mundo para desperdiçarmos desta maneira. :)
  6. Prefira produtos da estação
    O morango, durante sua estação, pode ser comprado por até € 1 o quilo. Fora da estação, compra-se a €4 ou mais. E o mesmo acontece com todos os ingredientes. Use os produtos da época e economize muito na feira.
  7. Dê uma chance para marcas brancas
    É verdade que nem todos os produtos das marcas brancas são bons, mas nem todos são ruins! Sempre que vir algum produtos que tenha uma fórmula semelhante ao de produtos de marca, dê uma chance. Você poderá se surpreender.
  8. Compre um forninho elétrico
    Um forninho elétrico economiza muita energia, quando tudo o que queremos é assar uma maçã com canela. Aquecer um forno inteiro só se justifica para pizzas, pães, bolos e coisas que precisam de muito espaço e ventilação, como pães de queijo e souflê. Este é, certamente, um investimento, não um gasto.
  9. Compre o frango inteiro
    O frango inteiro é muito mais em conta do que o frango em pedaços. Caso você tenha a possibilidade de destrinchá-lo, a carcaça ainda servirá para fazer um belo caldo e ainda por cima, com os restos do frango que sobram, dá pra fazer uma refeição pra duas pessoas. Vá por mim, eu sempre faço couscous com o frango que fica nos ossos, que eu desfio depois do caldo.
  10. Cozinhe grãos em casa
    Aqui em Portugal os grãos enlatados, tipo feijão, lentilha, grão de bico, etc são muito comuns. Mas além de não serem opções saudáveis, pois contém muitos conservantes, não são certamente a alternativa mais em conta. E cá entre nós, cozinhar grãos, ainda mais se for na panela de pressão, não dá trabalho. Basta deixar de molho por 12 horas, colocar na panela, cozer, esperar esfriar e guardar. O custo benefício é enorme.
  11. Utilize as sobras do pão
    As sobras de pão podem virar torradas, pudins ou até mesmo virar pão ralado ou croutons. Só jogue fora caso eles tenham mofado.
  12. Use queijos ressecados
    Caso seu queijo tenha ressecado, rale-o e use para gratinar alimentos ou mesmo no cachorro-quente.
  13. Deixe as panelas tampadas sempre que possível
    Panelas tampadas cozinham mais rápido, pois criam uma certa pressão. Panelas abertas perdem calor muito mais rápido e usam mais gás.
  14. Não jogue os vidros fora
    Use os vidros das conservas para guardar especiarias, produtos secos e não perecíveis como arroz, macarrão, grãos e cereais. E até para guardar suas próprias conservas.
  15. Lave a louça toda de uma vez
    Junte a louça para lavá-la de uma vez. Lavar aos poucos fará com que você gaste mais água. E tenha em atenção para não deixar a água correndo enquanto ensaboa as louças!
  16. Descongele alimentos ao natural
    Caso não haja urgência, descongele os alimentos ao natural. Você poupa energia e o alimento ficará com textura muito melhor (carnes descongeladas em microondas são um verdadeiro HORROR, vamos combinar).
  17. Coma comida vegetariana ao menos uma vez por semana
    Como já dito no post Sobre Segunda Sem Carne, abrir mão da carne uma a duas vezes por semana fará uma boa diferença no orçamento.
  18. Adquira uma panela de pressão
    A panela de pressão é outro item que entra na lista dos ‘investimentos’. Ela economiza gás, tempo e, obviamente, dinheiro.
  19. Mantenha a porta da geladeira e do freezer sempre fechada
    Deixar a porta do freezer ou da geladeira abertas fará com que seus alimentos estraguem e ainda por cima o gasto com energia irá às alturas, uma vez que elas precisarão trabalhar mais e gastar mais energia para manter a temperatura.
  20. Por fim, que tal dar uma lida em livros de culinária especializados em economia?
    Não é jabá (quem dera), mas livros como Save With Jamie dão excelentes dicas de refeições rápidas, práticas, saudáveis e… baratas!

Essas são as dicas que consigo me lembrar de momento. Alguém tem alguma a acrescentar?

Anúncios

3 comentários sobre “20 Maneiras de Economizar na Cozinha

Obrigada por seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s