10 Dicas de Como ser mais Sustentável na Cozinha

Ontem saiu uma matéria muito, mas muito séria, que me deixou extremamente preocupada. A emissão de gás carbônico na atmosfera foi recorde: 36 bilhões de toneladas. Sim, você leu direito. 36-BILHÕES-DE TONELADAS.

Gente, sério, isso é muita coisa. Os efeitos disso são devastadores e sinceramente começo a ter medo do futuro, pois estamos vivendo como se tivéssemos um outro planeta pra ir. Não, nós não temos outro e sim, nós precisamos fazer alguma coisa AGORA.

Mas comecei a pensar que, na nossa cabecinha ingênua, dependemos tanto dos políticos, dos governos, das ONGs, sem pensar que podemos fazer coisas simples, no nosso dia-a-dia, que ajudem a diminuir as emissões de gases de efeito estufa, afinal, esperar sentada não ajuda em nada, não é? Eu tenho que fazer alguma coisa!

Foi então que, embalada pela Cúpula do Clima que acontece em Nova York hoje, vou fazer a minha própria cúpula nas internê (quem mandou ser lisa). Vou listar 10 dicas práticas e eficazes para reciclar, reaproveitar e reutilizar, que por conseguinte ajudam na diminuição dos gases. Não pretendo aqui mudar o mundo, mas se eu já mudar o meu mundo, já é alguma coisa, não?

 

  1. Troque saquinhos descartáveis por Zip Locks ou Tupperwares (não precisa necessariamente ser destas marcas, pelamordi)

 

Como ser mais Sustentável na Cozinha

Estes produtos são uma verdadeira mão na roda e, apesar de serem feitos de plástico, tem uma vida útil muito longa. Fora isso, você não gasta saquinhos que depois de usados vão direto para o lixo. O negócio é lavou, tá novo!

2. Troque papel manteiga por folhas de cozinha

Como ser mais Sustentável na Cozinha

Gente, eu comprei a minha numa loja por € 1,50 e não me arrependo! Eu uso muitooooooooo e ela ainda tá super inteira. Além de não ter que colocar um pingo de óleo, eu evito de gastar rios de papel manteiga toda vez que vou ou óleo toda vez que vou assar algo. Vale muito, muito a pena. E por falar em assar…

      3. Asse vários alimentos de uma vez

Como ser mais Sustentável na Cozinha

Já que vai assar (e gastar gás ou eletricidade) use o forno inteiro. Vai assar um frango, asse legumes logo para o almoço do dia seguinte. Use todo o espaço que puder e não somente um espaço pequeno para um forno enorme – nestes casos, adquirir um forninho é um investimento, uma vez que o forno menor gasta menos. (Eu não tenho um forninho, mas sou louca para ter, acho que eles economizam pra caramba)

     4. Quando for comprar produtos, dê preferência pelos que tem embalagens de vidro

Como ser mais Sustentável na Cozinha

Vidro é 100% reciclável e infinitamente reutilizável, você mesma pode transformar os potes que iriam para o lixo em armazenadores de comida na despensa! Eu mesma uso vários e acho que ficam um charme! E por falar em embalagem, evite aquelas que tem saco dentro de saco dentro de saco. Quanto menos embalagens, melhor!

5. Não jogue óleo de cozinha na pia

Como ser mais Sustentável na Cozinha

Imagem daqui

O óleo de cozinha é extremamente poluidor. Todo óleo que não for mais ser utilizado deve ser armazenado em recipiente e depositado em local que possa cuidar da sua reciclagem.

      6. Ao cozinhar, tampe as panelas

Como ser mais Sustentável na Cozinha

Imagem daqui

Ao tampar a panela, o vapor ajudará os alimentos a cozinharem muito mais rápido. Assim, você gastará menos gás e, consequentemente, gastará menos recursos renováveis do planeta. Não é lindo como uma atitude tão “boba” pode ajudar o meio ambiente?

     7. Cozinhe muito uma vez ao invés de pouco várias vezes

Como ser mais Sustentável na Cozinha

Imagem daqui

É muito melhor você cozinhar um quilo de feijão logo de uma vez do que 200 g em cinco dias separados. Esta dica vale não só para o feijão, mas para arroz integral, grãos, carnes e até mesmo massas. Cozinhe grandes quantidades, separe em tupperwares e só re-esquente durante a semana. Isto não só ajudará o meio ambiente e o bolso como também poupará um tempo enorme.

     8. Não desperdice

Como ser mais Sustentável na Cozinha

Compre apenas o que você tem certeza que irá utilizar. Não compre comida que você não sabe se irá conseguir utilizar antes de estragar e sempre, sempre, sempre abra a geladeira para ver o que está ~sobrando~ para cozinhar com isso, a famosa comida japonesa caseira: “soborô”; ou ainda a comida phyna francesa “restondontê”. Comidas excelentes saem dos pedacinhos que estão guardados na geladeira e que irão para o lixo em breve. Cada alimento jogado fora é uma enxurrada de recursos que vão para o lixo também, como energia e água. Pense limpo e cozinhe limpo.

     9. Dê adeus aos sacos de supermercado

Como ser mais Sustentável na Cozinha

Imagem daqui

Quando for ao supermercado, leve suas sacolas retornáveis, principalmente se você for daquelas pessoas que joga o saco plástico fora assim que chega em casa. Ainda que as sacolas de plástico sejam recicláveis, a própria reciclagem gasta recursos do planeta. Outra questão importante: comprou UM ABACATE? Não precisa colocar naqueles saquinhos de plástico transparentes. Sempre que puder, evite aqueles saquinhos também, use-os somente quando forem realmente necessários. Ah, e caso vá usar sacolas de plástico, nada de colocar dois produtos em um, dois produtos em outro e por aí vai. Encha UM SACO (não é pra fazer saco duplo) e depois deste cheio, encha o outro. Já que vai usar, use direito.

E último porém não menos importante…

     10.  Reduza o consumo de proteínas de origem animal

Como ser mais Sustentável na Cozinha

Imagem daqui

Deixei este por último por que sei que ele é ~polêmico~. Eu não estou falando para você virar vegan, hippie, vegetariano ou qualquer coisa do tipo. Estou falando para reduzir o consumo de carne. Apenas REDUZIR. Ao invés de comer carne todos os dias na semana, tire dois dias para comer uma refeição sem proteína. O motivo principal é que a pecuária é um dos maiores contribuidores para os mais graves problemas ambientais. A FAO estima que 14.5% dos gases de efeito estufa são emitidos pela pecuária, enquanto outras organizações estimam que este valor pode chegar a 51%. A pecuária também é responsável pela maior parte da degradação do território mundial, poluição da água e perda de biodiversidade por desmatamento. Segundo a revista National Geographic, apenas 55% das calorias provenientes das colheitas obtidas no mundo alimentam diretamente os seres humanos. 36% da produção da agricultura é direcionada para a pecuária e o restante para biocombustíveis e produtos industriais. Ou seja, NÃO EXISTE COMO SER MAIS SUSTENTÁVEL SEM REDUZIR PADRÃO DE CONSUMO. Reduzir, apenas reduzir o consumo, não lhe parece uma boa ideia?

 

Estas são dicas de como eu faço para ser mais sustentável na cozinha, mas adoraria conhecer muitas outras. Somos todos responsáveis pelo nosso planeta e temos que fazer a nossa parte, ao invés de esperarmos que o governo, os políticos, a ONU, ONGs ou qualquer outra pessoa tome atitudes por nós. Se o mundo é a nossa casa, como você cuida dela reflete como você é. E eu sou pobre mas sou limpinha!!!

Anúncios

7 comentários sobre “10 Dicas de Como ser mais Sustentável na Cozinha

  1. Eu realmente não sabia da última, mas utilizo muito a primeira desde sempre. Aqui em casa é cheio de tupperware e faz uma diferença absurda mesmo. Aos poucos eu começo a usar mais a sacola do que os sacos plásticos pra ir no mercado também. E meu, eu realmente não sabia dessa do óleo.

    • Ai, fico muito feliz que este post ajudou, então, babe!

      O óleo é um assunto bem sério, olha esses links aqui: “Um litro de óleo pode contaminar até 20 mil litros de água.” http://glo.bo/1soTJ1N ; “Ao ser transportado pelo esgoto, o óleo chega aos rios, lagos e etc. Por ser mais leve, o óleo forma uma camada sobre a superfície da água impedindo a oxigenação. Isso pode causar até mesmo o fim de algumas espécies de peixes e plantas aquáticas.” http://bit.ly/1r8mqij ; “Você sabia que jogar o óleo de cozinha utilizado no ralo da pia, no vaso sanitário ou no lixo traz sérios prejuízos ao meio ambiente e à rede de esgotos de sua cidade?” http://bit.ly/1wLiOSE
      Onde deixar seu óleo usado em SP: http://www.re-cicleoleovegetal.com.br/postos-de-coleta/ ; e eco-pontos na cidade: http://glo.bo/1prPNWt

      Eu também sou aloka da tupperware e do zip lock, não uso saquinhos descartáveis para nada e acho um absurdo jogar tanto saco no lixo comum. Chega dá tristeza… E quanto à carne, infelizmente é uma realidade. Carne é bom, uma delícia, eu também adoro, mas o mundo não aguenta nosso padrão de consumo atual (isto porque uma pequena parcela da população tem esse alto padrão de consumo, imagina se todo mundo tivesse). Pensar consciente também é fazer algumas restrições, ainda que apenas de vez em quando.

      Espero ter ajudado e se souber de alguma outra (ou descobrir) me conta. ;)

      Beijão!

  2. Não manipule alimentos na hora da escolha
    Toda vez que você manipula algum alimento, como frutas, verduras e legumes, você reduz a sua vida útil e aumenta as chances de desperdício. Por isso, evita ao máximo o contato na hora da escolha.
    Quando for à feira ou ao supermercado, escolha com os olhos e pegue nos alimentos somente depois que decidir qual irá levar.

Obrigada por seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s