Trip Gourmet: Baldracca, em Lisboa

Trip Gourmet: Cantina Baldracca, em Lisboa

Pizza Johnny Palito

 

Sabe aquele caso de amor eterno, amor verdadeiro? Pois é…

O prazer de comer uma boa pizza, infelizmente, não é encontrado em qualquer esquina. E, convenhamos, pizza é praticamente o fast food da Europa, tem em qualquer birosca.

Mas a verdade é que mesmo com milhares de opções em Lisboa, todas as vezes que penso em pizza boa a um preço camarada (e justo), eu penso na Baldracca. O caso de amor é tanto que eu já até fiz jantar de aniversário por lá!

Se você não gosta de massa ~cocrante~ nem se anime. Aqui a massa é fininha, com as bordas levemente queimadinhas do forno a lenha (e isso é um elogio!). Se você gosta de massas assim, tá perdendo tempo!

Todas as pizzas tem nomes dos grandes clássicos do cinema italiano, como Roma Cidade Aberta, Cinema Paraiso, La Dolce Vita, A Vida é Bela e 8 e 1/2. E, pasme, os valores vão de € 4,5 a € 8 e servem uma pessoa perfeitamente bem. É ou não é de Deus????

Trip Gourmet: Baldracca, em Lisboa

Não sei se os preços estão atualizados mas é para dar uma ideia dos sabores que existem na pizzaria.

No Cinema São Jorge, localizado na Avenida da Liberdade, é possível encontrar a Pizzaria Baldracca, onde existem somente opções de pizzas, mas na Cantina Baldracca, localizado no Rossio, existem também opções de massa, que eu gosto mas não me causam tanta emoção. Vale ressaltar que, por ter opções de massas e saladas, a carta de pizzas da Cantina é menor.

Aliás, a Cantina é um caso de amor à parte. Primeiro porque o restaurante está em um local que segundo meu marido, parece cidade cenográfica. Segundo porque a decoração é super fofa e aconchegante.

E, muito importante, o vinho da casa é muito bom e barato. Já viu comer pizza ou massa sem vinho?? Um ultraje. O valor do litro é € 6 euros. E eu não escrevi errado!

Não me recordo da pizzaria, mas a cantina só aceita CASH. Muito importante ressaltar pra você não ter que ficar lavando os pratos depois de comer.

Trip Gourmet: Baldracca, em Lisboa

Pizza Roma, Cidade Aberta. Foto da minha querida amiga Adriana Mannarino.

 

Cantina Baldracca

Morada: Rua das Farinhas, 1, 1100-287, Portugal
12h às 15h; 18h30 à 00h.
Telefone: +351 918 751 784
Trip Advisor
Facebook

Pizzaria Baldracca

Avenida da Liberdade 175 – Cinema São Jorge, Lisboa 1250-141, Portugal
Seg a Sáb, das 10h às 23h30
 Trip Advisor

Este post NÃO É publieditorial e todas as vezes que eu fui lá eu paguei com dinheiro do meu cofrinho.

Anúncios

Cookies de Manteiga de Amendoim

Cookies de Manteiga de Amendoim

Duas postagens na mesma semana?!?!?

Cookies de Manteiga de Amendoim

I’m on fire!!

O que a gente não faz quando tem liberdade, não é mesmo?

Eu to pra fazer uma receita de cookies há muuuuuuito tempo. Sabe como é, cookies com café é como queijo com goiabada, Romeu e Julieta, gordinho e prato de massa: NASCERAM UM PRO OUTRO.

E como eu tinha uma manteiga de amendoim dando bobeira há, tipo, séculos na minha despensa, ela resolveu morrer por um motivo nobre. E vou dizer uma coisa pra vocês: valeu cada amendoim!

Sexy sem ser vulgar, ele não é nem um pouco enjoativo, aliás, muito pelo contrário, é maravilhosamente equilibrado, tanto que quando você percebe, acabou com a forma. :(

Fizeram até um vídeo meu enquanto estava comendo:

Cookies de Manteiga de Amendoim

A receita foi tirada deste maravilhoso livro aqui e só fiz algumas diminutas alterações.

Ingredientes (rende 20 unidades)

  • 9 col sopa manteiga em temperatura ambiente mais extra para untar a forma
  • ½ xic manteiga de amendoim
  • 1 xic açúcar
  • 1 ovo batido levemente
  • 1 xic de farinha de trigo
  • ½ col chá de fermento químico (para bolo)
  • amendoins picados (opcional, eu não coloquei)

PRE-PARA

  1. Na batedeira, misture manteiga e manteiga de amendoim até que estejam bem agregados.
  2. Acrescente o açúcar gradualmente e bata bem.
  3. Adicione o ovo batido aos poucos.
  4. Incorpore a farinha de trigo, aos poucos, e para finalizar o fermento em pó e os amendoins, caso esteja usando.
  5. Enrole a massa em um plástico filme e leve para a geladeira por 1 hora.
  6. Pré-aqueça o forno a 190º por 15 minutos e unte uma forma com manteiga.
  7. Divida a massa em 20 partes iguais e, com uma colher, coloque bolas de massa na forma. Não precisa fazer o formato do cookie, coloque apenas uma bola de massa pois, quando for ao forno, a manteiga irá derreter e o cookie ganhará o formato.
  8. Asse por 20 minutos ou até que estejam dourados. Ao sair do forno, os cookies estarão moles, espere esfriar para que ele endureça por completo.
  9. Delicie-se até dizer chega.

Cookies de Manteiga de Amendoim

Risoto de Pesto Genovês

Risoto de Pesto Genovês

Como é o nome mesmo da comida que une uma coisa deliciosa com outra coisa deliciosa? Ah, isso mesmo, PARAÍSO.

Por pouco meu marido não se depara com uma cena nada romântica:

Risoto de Pesto Genovês

Mas sim, sobrou pra ele. Eu sou ogra mas tento manter a compostura.

Esta receita é muito simples, sem grandes truques, ideal para aquele domingo da preguiça mas que a gente não quer comer lasanha congelada (que, na boa, não é de Deus). Ela é quase tão simples que nem vale o post, mas como eu sou sem-vergonha e como a zoeira não tem limites, vou passar.

 

Ingredientes (para 2 pedreiros ou 3 pessoas normais)

  • Pesto Genovês (quantidade duplicada)
  • 2 col sopa manteiga
  • 1 col sopa azeite
  • 1 cebola média picada em cubos pequenos
  • 1 ½ xic arroz arbóreo
  • 1 xic vinho branco
  • 1 litro caldo de vegetais
  • queijo grana padano ralado ou parmesão na hora a gosto

PRE-PARA

  1. Ferva o caldo de vegetais.
  2. Em uma frigideira grande, aqueça a manteiga e o azeite e refogue a cebola até que esteja transparente.
  3. Acrescente o arroz e refogue por 1 min. Adicione o vinho branco e espere evaporar.
  4. Agora vá acrescentando 2 conchas de caldo por vez, sempre esperando que o caldo seque para acrescentar mais. Repita o processo até que o arroz esteja completamente cozido.
  5. Quando a última concha de caldo estiver secando, acrescente o pesto e acerte o sal. Cuidado para não salgar demais, pois ainda será colocado queijo (parmesão ou grana padano) ralado, que é bem salgado.
  6. Sirva imediatamente.

Risoto de Pesto Genovês

Feliz 2015 e Mull de Berinjela e Tofu

Depois de um longo, longo inverno…

Mull de Berinjela

Desde o último post teve férias prolongadas, natal, ano novo, uma máquina fotográfica na assistência e uma defesa da tese de mestrado, OU SEJA, #tavafácilpraninguém

E por falar em defesa de mestrado….

Mull de Berinjela e Tofu

Sou mestre!!! Uaaaaaaaaaaaalaaaaaaaaaaaaa

 

Foram dois anos de muita dedicação, muitas noites mal dormidas, muito nervosismo e muitos, muuuuuuitos livros lidos, mas tudo foi recompensado no final. Foi um dia para ficar na memória.

Mull de Berinjela e Tofu

After Party

E lógico que tinha que ter comemoração na casa dos Stefaisk Medeiros. Um vinho, só para não deixar o dia passar em branco, uma vez que eu estava muito cansada porque o nervosismo me deixou completamente esgotada #soudessas. A propósito, vinho aprovadíssimo!

Estou pensando, inclusive, em criar a categoria #vinhodasemana, uma vez que eu e marido costumamos beber um vinho diferente toda sexta, para conhecer a vasta, porém bela variedade de vinhos portugueses. Que acham? #novidades

Mas agora vamos ao que interessa mesmo nesse recanto da internet: COMIDA.

Dias atrás estava eu viajando nos blogs de comida (porque quando não é isso é vídeo de bicho) quando me deparei com a receita de Mull de Berinjela, do blog Technicolor Kitchen.  Meu único pensamento foi: tenho que fazer isso AGORA. Fiz a primeira vez e, como era óbvio que iria acontecer, nunca mais parei. Com algumas pequenas adaptações e incrementos, nasceu o Mull de Berinjela com Tofu, que vos apresento hoje, como todo amor e carinho. Congratz eternos à Patrícia Scarpin porque isso é DOSSSSHHHH DEUSESSSSHHHH

Mull de Berinjela e Tofu

Ingredientes (serve 2 pedreiros)

  • 1 berinjela grande cortada no sentido do comprimento e depois em fatias de ½ dedo (vai ficar tipo meia-lua)
  • azeite de oliva a gosto
  • sal e pimenta do reino a gosto
  • ½ cebola picada em cubos
  • 3 dentes de alho espremidos
  • 4 tomates (que não estejam muito maduros, daqueles que já estão mais moles) cortados em cubos grosseiros
  • 1 col chá páprika picante (ou páprika normal, caso não goste de pimenta)
  • ½ col chá cominho em sementes esmagados na hora (caso não tenha, pode usar o em pó mesmo, mas o sabor vai ficar mais fraco)
  • 150g tofu cortados em cubos
  • suco de ½ limão grande siciliano ou tahiti
  • 1 col chá orégano seco
  • folhas de manjericão

PRE-PA-RA

  1. Disponha berinjela em forma untada com azeite, tempere com sal e pimenta e mais azeite e leve para assar em forno pré-aquecido a 180º por aproximadamente 20 minutos (ela deve começar a amolecer, mas não demais a ponto de perder o formato e se desfazer).
  2. Em uma panela, esquente o azeite e refogue a cebola até que esteja dourada. Acrescente o alho e refogue mais 2 minutos. Adicione o tomate, a páprika, o cominho, sal e pimenta e deixe cozinhar por cerca de 5 minutos ou até que o tomate esteja se desfazendo.
  3. Acrescente o tofu e refogue por mais 2 minutos. Em seguida, acrescente a berinjela, cozinhe mais 2 minutos, para que tudo incorpore o sabor dos temperos. Acerte sal, caso necessário.
  4. Desligue o fogo, adicione o limão, orégano e folhas de manjericão. Sirva ainda quente.

Mamão com açúcar, né?

Mull de Berinjela e Tofu

Gente, essa receita é deliciosa!!! Fica bom como antepasto (retirando o tofu lembra uma caponata), como prato principal acompanhado de salada de folhas verdes e, segundo meu marido (que mandou eu dar a dica) fica maravis com uma massa e usando o Mull como molho! E olha, se ele, que odiava berinjela e tofu mandou eu dar a dica, é porque a dica é de amygoh!

Mull de Berinjela e Tofu

Beijo me liga!