Pão 100% Integral

Pão 100% Integral

Pão 100% Integral

Pão 100% Integral

Ficou tão lindo que merece uma exposição na Bienal!

Segundo post em uma semana??? I’m on fire!

Pão 100% Integral

E hoje eu venho com um verdadeiro campeão nas olimpíadas de qualquer coração e estômago: pão caseiro. Que me perdoem as pessoas que não comem um pãozinho, nem que seja de vez em quando, mas vocês estão fazendo isso errado.

Pão é vida!!!

Eu, há tempos, estava a procura de uma receita de pão que fosse totalmente integral e não ficasse seca. Por que, se tem uma coisa broxante em pão, é quando ele está seco. E eu encontrei!

Este pão fica muuuuuuuuuito fofinho, com gosto bem suave, e o melhor: muito fácil de fazer e não precisa de máquina de pão nem batedeira, apenas um bracinho a fim de trabalhar um pouco.

É ou não é a notícia do ano? Agora me responda: quem, MEL DELSSS, precisa de pão de supermercado, sem graça e cheio de porcaria, quando se pode ter uma maravilha dessas em casa???

Não sei, não consigo compreender.

Mas agora acabou a desculpa. Joga o Brother’s fora (mentira, joga não, come todo e nunca mais compra) e vem comeeeeeeegooo!

Ingredientes

  • 1/4 xic água morna tolerável ao toque
  • 1 ½ col sopa de açúcar mascavo
  • 1 pacote de fermento biológico seco (11g) ou 30 g de fermento biológico fresco
  • 500 g farinha de trigo integral (+ quantidade que baste de farinha para dar o ponto na massa)
  • 250 ml água morna
  • ½ a 1 col sopa sal
  • 5 col sopa de azeite
  • sementes (opcional, isso é uma firula)

Pre-para

  1. Faça uma esponja com o 1/4 xic água morna, açúcar e fermento. Misture bem e deixe descansar por uma hora em um local seco, quente e escuro (por exemplo, dentro do forno).
  2. Na mesma vasilha onde fez a esponja, acrescente os demais ingredientes, sem muita frescura de fazer vulcão não, só taca lá dentro mesmo, e misture bem com as mãos, sovando a massa por 10 a 15 minutos, para desenvolver o glúten (uuuuuuuuuuuuuuuhhhhhhhhhhhhhhhhh #medo #temglútensim).
  3. Acrescente mais farinha, caso necessário, para dar o ponto da massa. Mas acrescente de (bem) pouco em pouco, para que a massa não fique pesada e seca! O ponto é quando a massa ainda está pegajosa, grudando levemente na mão, mas homogênea e você consegue formar uma bola com ela. No caso de pão integral, se desgrudar totalmente da mão, como no caso do pão branco, vai ficar seco.
  4. Volte para o local seco, quente e escuro por 1 hora, para a massa crescer e dobrar de tamanho.
  5. Unte uma forma de pão de 25 cm com azeite e disponha a massa, até que preencha toda a forma. Se quiser, acrescente umas firulas, como sementes (eu coloquei gergelim). Leve para descansar por mais 45 minutos, dentro do forno.
  6. Tire o pão do forno e pré-aqueça-o na temperatura máxima por 10 minutos. Após este tempo, diminua a temperatura para 200º e asse o pão por aproximadamente 20 minutos, ou até que você aperte e ~sinta~ que ele está fofinho e assado.
  7. Tire do forno e espere alguns minutos antes de desenformar.
  8. Seja muito, mas muito feliz, abusando da manteiga!

Pão 100% Integral

 

Tofu em Molho de Coco

Tofu com Molho de Coco

Foto ordinária de celular. É a vida AND a fome.

Hola, muchachos!

Fazia tempo que eu não postava uma receitinha para esta segunda sem carne, neam? E não bastava ser uma receita sem carne, ainda é uma receita vegan e delícia!

Afinal, o que meu deus que leva leite de coco e fica ruim? Até dobradinha com leite de coco deve ser uma delícia!

#TimeLeiteDeCoco #TodasPiraNoLeiteDeCoco #LeiteDeCocoILoveYou

Essa receita eu vi originalmente em um dos meus mais novos livros preferidos, de cozinha indiana, que eu comprei na última feira do livro. Eu sou fascinada pela cozinha indiana e este livro tem muitas receitas que antes eu tinha que ficar caçando pela internet. Me aguentem com muita comida indiana por aqui!!!

Originalmente a receita foi feita com um peixe chamado tamboril ao invés de tofu, então, se você quiser usar um peixe branco ou até mesmo camarão, se joga que dá super! Eu já testei com pescada e ficou delícia. Mas a de hoje é a versão pra minha, pra sua, pra nossa, segunda sem carne de toda semana!

Quer comida indiana em meia hora? Então separa o curry e o filme de Bollywood e vem comeeeegooo!

Tofu com Molho de Coco

Ingredientes

  • 1 col sopa de óleo de coco (ou manteiga ghee ou manteiga normal)
  • 1 cebola grande cortada em cubos
  • 1 col chá de sementes de cominho moídas na hora (usei um pilão pra isso)
  • 1 col chá de alho amassado com sal (fazer uma pasta de alho)
  • ½ col chá de sementes de coentro moídas na hora (também usei pilão)
  • ½ col chá de cúrcuma (açafrão da terra) em pó
  • 2 cravos em pó (esmaguei no pilão)
  • 2 cardamomos esmagados (no pilão)
  • 1 col chá de curry  em pó
  • 400 lata de leite de coco
  • 500 g de tofu cortado em cubos de tamanho médio

Pre-para!

  1.  Em uma panela, aqueça o óleo e refogue a cebola em fogo médio, mexendo sempre. Quando dourar, acrescente o alho e frite mais 1 minuto.
  2. Adicione as especiarias e frite por 1 a 2 minutos, mexendo constantemente, até que os sabores das especiarias se soltem.
  3. Adicione o leite de coco e deixe ferver. Abaixe o fogo e deixe apurar por 12 a 15 minutos.
  4. Adicione o tofu (ou o peixe) cuidadosamente na panela, deixe cozinhar por mais 10 minutos e está pronto. Caso a água do leite de coco tenha evaporado muito rápido no meio do cozimento, acrescente um pouco água, apenas o suficiente para não deixar o fundo queimar.
  5. Pra acompanhar, um arroz basmati e umas folhas de coentro combinam super bem!

Tofu com Molho de Coco

Tofu com Molho de Coco

Tzatziki

Tzatziki

Eu poderia dizer pra vocês que eu não posto há mais de um mês porque minha vida está muito atribulada, porque tenho feito muitas coisas, porque tenho tido muitos afazeres, mas a verdade é que eu não posto há mais de um mês por motivos de: Charlie Hunnam e Sons of Anarchy.

Tzatziki

soa1

soa3

Pra quem não conhece, SOA é uma série sobre um clube de motoqueiros foras-da-lei, passada na pacata cidade de Charming. A história gira em torno do clube, seus negócios, os membros e como eles fazem para sobreviver ao lidar com gangues rivais. Muita testosterona, motos, tatuagens, boys suados, perseguições e confusão. Até aí, tudo bem.

O problema é que a série conta com a participação de Charlie Hunnam, como Jax. E, MEU DEUS DO CÉU, Charlie Hunnam sujo de graxa, suado, todo tatuado em cima de uma moto, foi demais para meu pobre coração.

E se você ainda não teve a dádiva de conhecer Charlie Hunnam, senta aqui e deixa eu mudar sua vida.

Charlie barbudo

Jax barbudo

Charlie bravo

Jax bravo

Charlie brigão

Jax brigão

Charlie satisfeito

Jax satisfeito

Charlie com sorriso maroto

Jax com sorriso maroto

Charlie conselheiro

Jax conselheiro

Jax nos traindo.

Jax nos traindo

Jax paizão

Jax paizão

Jax pedindo desculpas

Jax pedindo desculpas

Jax poderoso chefão

Jax poderoso chefão

Jax sem camisa

Jax sem camisa

Jax preocupado

Jax preocupado

Jax feliz

Jax feliz

Jax tatuado

Jax tatuado

Jax tomando banho

Jax tomando banho

Jax xatiado

Jax xatiado

Jax olhar sedutor

Jax olhar sedutor

DE NADA.

A série tem ainda Chibs, mas só entenderá meu amor platônico por Chibs quem vir a série.

Mas agora vamos falar de comida, neam?

Aqui tem feito um calor manauara, e pra apagar o fogo refrescar nesse verão, comidas frias são sempre uma boa pedida. Uma das minhas preferidas é o Tzatziki, uma receita grega maravilhosa e bem fácil de fazer.

O tzatziki é uma espécie de patê. Eu gosto de usá-lo como molho para salada também, então, fica ao seu critério. Use a imaginação!

 

Ingredientes

  • 1 pepino médio
  • 1 ½ pote de iogurte natural (usei o grego, porque né, receita grega, iogurte grego…)
  • suco de ½ limão siciliano grande (pode ser o tahiti, mas não saberia dizer a quantidade)
  • sal e pimenta preta a gosto
  • 1 col sopa cheia folhas de hortelã picadas finamente
  • 1 dente de alho bem pequeno espremido
  • ½ col chá azeite extra-virgem

PRE-PARA

  1. Retire a casca e as sementes do pepino. Rale a polpa, disponha sobre uma peneira e salpique sal. Deixe descansando por 30 minutos (esse procedimento irá retirar a água do pepino).
  2. Coloque o pepino em um pano de prato e esprema muito bem, tirando todo o líquido que conseguir.
  3. Misture todos os ingredientes e leve para gelar por 30 minutos.
  4. Se refresque bastante depois dessa sessão de magia calor.

Tzatziki