Tzatziki

Tzatziki

Eu poderia dizer pra vocês que eu não posto há mais de um mês porque minha vida está muito atribulada, porque tenho feito muitas coisas, porque tenho tido muitos afazeres, mas a verdade é que eu não posto há mais de um mês por motivos de: Charlie Hunnam e Sons of Anarchy.

Tzatziki

soa1

soa3

Pra quem não conhece, SOA é uma série sobre um clube de motoqueiros foras-da-lei, passada na pacata cidade de Charming. A história gira em torno do clube, seus negócios, os membros e como eles fazem para sobreviver ao lidar com gangues rivais. Muita testosterona, motos, tatuagens, boys suados, perseguições e confusão. Até aí, tudo bem.

O problema é que a série conta com a participação de Charlie Hunnam, como Jax. E, MEU DEUS DO CÉU, Charlie Hunnam sujo de graxa, suado, todo tatuado em cima de uma moto, foi demais para meu pobre coração.

E se você ainda não teve a dádiva de conhecer Charlie Hunnam, senta aqui e deixa eu mudar sua vida.

Charlie barbudo

Jax barbudo

Charlie bravo

Jax bravo

Charlie brigão

Jax brigão

Charlie satisfeito

Jax satisfeito

Charlie com sorriso maroto

Jax com sorriso maroto

Charlie conselheiro

Jax conselheiro

Jax nos traindo.

Jax nos traindo

Jax paizão

Jax paizão

Jax pedindo desculpas

Jax pedindo desculpas

Jax poderoso chefão

Jax poderoso chefão

Jax sem camisa

Jax sem camisa

Jax preocupado

Jax preocupado

Jax feliz

Jax feliz

Jax tatuado

Jax tatuado

Jax tomando banho

Jax tomando banho

Jax xatiado

Jax xatiado

Jax olhar sedutor

Jax olhar sedutor

DE NADA.

A série tem ainda Chibs, mas só entenderá meu amor platônico por Chibs quem vir a série.

Mas agora vamos falar de comida, neam?

Aqui tem feito um calor manauara, e pra apagar o fogo refrescar nesse verão, comidas frias são sempre uma boa pedida. Uma das minhas preferidas é o Tzatziki, uma receita grega maravilhosa e bem fácil de fazer.

O tzatziki é uma espécie de patê. Eu gosto de usá-lo como molho para salada também, então, fica ao seu critério. Use a imaginação!

 

Ingredientes

  • 1 pepino médio
  • 1 ½ pote de iogurte natural (usei o grego, porque né, receita grega, iogurte grego…)
  • suco de ½ limão siciliano grande (pode ser o tahiti, mas não saberia dizer a quantidade)
  • sal e pimenta preta a gosto
  • 1 col sopa cheia folhas de hortelã picadas finamente
  • 1 dente de alho bem pequeno espremido
  • ½ col chá azeite extra-virgem

PRE-PARA

  1. Retire a casca e as sementes do pepino. Rale a polpa, disponha sobre uma peneira e salpique sal. Deixe descansando por 30 minutos (esse procedimento irá retirar a água do pepino).
  2. Coloque o pepino em um pano de prato e esprema muito bem, tirando todo o líquido que conseguir.
  3. Misture todos os ingredientes e leve para gelar por 30 minutos.
  4. Se refresque bastante depois dessa sessão de magia calor.

Tzatziki

Anúncios

Salada Caprese Vegana e Desconstruída

Salada Caprese Vegan e Desconstruída

Hola, muchachos!!!

Ando meio sumida como sempre. Já nem vale mais a pena falar que espero que melhore porque as coisas só tendem a piorar! hahahahaaha

Que bad.

Que bad.

Mas tentando voltar à programação normal, vou postar uma receita vegan para o nosso Meat Free Monday ou Segunda Sem Carne.

Fiz uma versão adaptada para não usar nenhum ingrediente de origem animal, incluindo o MUSO tofu. Muita gente fala que tofu é horrível, mas vou dizer uma coisa pra vocês: a receita que era podre. Tofu não tem gosto de nada e preparado do jeito certo fica com gosto do que você temperar. Então bora logo parar com o preconceito contra o pobre do bichinho que sempre leva a culpa das péssimas mãos cozinheiras e vamos usá-lo mais na nossa hell’s kitchen.

No mais, salada caprese é uma receita totosa e que é sempre campeã, ainda mais no calor Catariano que tem feito ultimamente. Eu já postei a versão normal uns tempos atrás (link aqui) mas hoje vai a versão descontruída, que até o Gordon ficaria orgulhoso.

Ou não. D:

Ou não. D:

Mas deixando o chefe rabugento que a gente tanto ama de lado, você me pergunta: tia Stéfanie, tem como desconstruir uma receita clássica?? Para tudo nessa vida dá-se um jeito, jovem padawan. E sim, você DEVE. :)

Ingredientes (para um)

  • 2 tomates médios ou 100 g de tomate-cereja cortados ao meio
  • 100 g tofu
  • 1 col chá de óleo de coco ou o de sua preferência
  • ½ col chá de cúrcuma (mais conhecido como açafrão-da-terra)
  • sal e pimenta do reino/preta a gosto
  • 1 col café de alho em pó
  • 12 fohas de manjericão
  • 1 dente de alho
  • 2 castanhas-do-Pará
  • 2 col sopa azeite de oliva
  • sal a gosto

PRE-PARA

  1. Em uma frigideira, aqueça o óleo de coco e coloque os tofus para grelhar. Tempere com sal, pimenta, cúrcuma e alho em pó. Deixe dourar de todos os lados. Reserve.
  2. Corte os tomates em fatias finas (ou os tomates-cereja ao meio) e disponha em um prato.
  3. Prepare o nosso semi-pesto (para uma versão vegetariana, você pode preparar o pesto normal que já ensinei aqui) misturando em mixer ou almofariz: manjericão, alho, castanhas-do-Pará, azeite e sal.
  4. Tempere a salada e seja feliz!

Mais fácil que mandar um beijinho no ombro pro recalque:

Salada Caprese Vegan e Desconstruída (3)

Salada Caprese Vegan e Desconstruída (3)

Patês variados

Patês variados

Ontem eu postei a receita de Falafel e, como prometido, vou postar hoje a receita dos três patês (pastas) que acompanharam o bolinho.

Promessa é dívida aqui, amigue!

Na verdade todos eles são muito simples e bem práticos, com exceção do baba ganoush, que eu já postei a receita aqui. Dessa vez eu fiz um pouco diferente, por isso vou colocar a receita novamente.

Eles são ótimos tanto para acompanhar bolinhos quanto para acompanhar pães e torradas. Como molho de salada também ficam excelentes!

O que está no prato é Baba Ganoush, os outros dois são pastas de azeitonas e de iogurte grego com ervas. Multiplica, senhor!!!

 

Ingredientes

Para o Baba Ganoush:

  • 1 berinjela grande
  • 1 ½ col sopa de tahine (pasta de gergelim/sésamo)
  • suco de 1 limão (usei o siciliano)
  • pitada de sal e pimenta preta
  • 1 dente de alho

Para o molho de iogurte:

  • 1 ou 2 copos de iogurte grego (depende da quantidade que você quer de molho)
  • folhas de ervas aromáticas (usei sálvia, alecrim, salsinha, hortelã e tomilho)
  • suco de ½ limão (usei siciliano)
  • pitada de sal

Para a pasta de azeitonas:

  • 1 xic de azeitonas pretas sem caroço
  • 2 col sopa azeite
  • pitada de orégano
  • 2 folha de manjericão
  • ½ alho

PRE-PARA

  1. Para o molho de iogurte, é só misturar tudo.
  2. Para o patê de azeitonas, é só misturar tudo no liquidificador, processador ou mixer.
  3. Para o baba ganoush, coloque a berinjela já lavada diretamente na chama do fogão. A ideia é que o fogo da chama encoste na casca presta e queime-a. Não precisa se preocupar, que a casca irá queimar e irá “defumar” a polpa da berinjela. Faça isso até que toda a casca esteja queimada.
  4. A seguir, faça um corte vertical na berinjela, de forma a conseguir retirar toda a polpa da mesma, descartando a casca. Acrescente os demais ingredientes em um mixer (ou outro equipamento) e bata tudo até que esteja tudo bem incorporado. Prove para acertar o tempero.

Patês variados

Patês variados

Patês variados

Pesto Siciliano (alla Siciliana)

Pesto Siciliano (alla Siciliana)

É ritmooooooooooo! É ritmo de copaaaaaaaaa! Ritmoooooooooo! Ritmo de copaaaaaa!! Ritmo de copa que balança o coração, festa divertida colorida de emoção!

Tá, parei.

Alguém aí já conhecia o Pesto Siciliano? Não? Nem eu!

Mas nada como ter uma amiga italiana pra salvar os petiscos da copa. Afinal, haja criatividade pra tanto jogo! E olha que mal começou.

Aliás, quero deixar aqui registrado que ela fez um jantar e me deixou escolher o prato principal, pra cozinhar especialmente pra mim. Fui a um jantar e, além de não ser eu a cozinhar, escolhi o prato: OSTENTAÇÃO.

Continuando, a minha amiga me disse que o pesto siciliano é feito com tomate seco sem óleo (que por um acaso é o que tenho aqui em casa. Mas se você só tiver o tomate seco em óleo, não tem problema. É só tentar tirar o máximo de óleo.

Caso você não tenha nenhum dos dois, vá de tomate sem pele e seja o que Deus quiser. Apenas não deixe de fazer porque, simplesmente, é DE DELLLLLLLLLLLSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS!

Fiz também o pesto genovês (receita aqui), porém com algumas alterações.

Desta vez usei muito mais manjericão (uma mão muito cheia), 25g de pinole, 2 dentes de alho, 4 colheres de sopa de pecorino ralado e uma pitada de sal. A quantidade de azeite é bem a gosto do freguês, mas foi mais ou menos uma xícara. Ficou com um gosto bem mais acentuado de manjericão – minha preferência.

Vamos ao Pesto Siciliano que figurinha repetida não completa álbum!

 

Pesto Siciliano (alla Siciliana)

Ingredientes (para duas pessoas)

  • 15 tomates secos sem óleo ou com óleo escorrido
  • 2 dentes de alho grandes ou 3 pequenos
  • 10 folhas de manjericão
  • 4 col sopa de pecorino ralado (pode substituir por parmesão*)
  • 25 g de pinole (pode substituir por amêndoa*)
  • azeite q.b
    *Todas as substituições sugeridas não correspondem à receita original mas podem ser a solução caso você não encontre os ingredientes.

PRE-PA-RA

  • Em um almofariz ou processador ou liquidificador misture todos os ingredientes até que estejam bem misturados. No caso do azeite, vá acrescentando aos poucos, para ir dando liga ao antepasto. Se colocar tudo de uma vez pode ficar oleoso demais.

Sirva com um pão bem gostoso! Essa semana eu posto receita do lingue, um pãozinho (que mais parece uma torradinha) cheio de glúten mas maaaaaaaaaaraaaaaaaaaaa que eu sempre faço aqui em casa pra acompanhar esses antepastos.

Pesto Siciliano (alla Siciliana)

Maionese de Leite e Alho (sem ovos) e Molho Tártaro

Molhos para Hamburguer: Maionese de Leite e Alho (sem ovos) e Molho Tártaro

E não é que o jantar de aniversário do marido ainda tá rendendo posts??

Eu trabalhei que nem condenada nesse dia, Brazeeeeeeewwwwwwwwww!!!

Além do Pão de Hamburguer (receita aqui), Anéis de Cebola (onion rings – receita aqui), Batatas Rústicas (receita aqui) e o bolo campeão de Ganache de Chocolate (receita aqui), eu ainda fiz dois molhos para acompanhar a comilança.

Cara, cansei só de escrever.

Pois é, acontece que hamburguer sem molho, não é hamburguer. Quédizê. É, mas não rola a mesma emoção a cada dentada. Hamburguer seco não é coisa de Deus, vamos combinar.

Daí que sem querer ser muito original, resolvi fazer velhos aparecidos daqui de casa, só porque eles já são tão bons que não precisam de melhora.

Eu nunca, nunca, JAMÉ compro maionese pronta. Se tem uma coisa que eu curto é comer maionese caseira, que não tem segredo nenhum, é fácil, rápido e barato de fazer. E eu confio mais.

A propósito, essa maionese dura até uma semana na geladeira porque não leva ovo. Maionese com ovo eu aconselho comer no mesmo dia e não guardar, afinal, ovo cru e estragado pode dar um piriri homéééééricoooooo.

Ingredientes (1 porção)

Para a maionese de leite:

  • ½  xic leite
  • 1 dente de alho triturado
  • pitada de sal
  • suco de ½  limão (usei siciliano)
  • 1 a 2 xic de óleo (usei de girassol)

Para o molho tártaro:

  • 1 porção de maionese de leite sem alho
  • 1 col chá de mostarda dijon
  • ½ col chá de mostarda
  • ½ cebola média ralada
  • 1 col sopa de alcaparras picadas grosseiramente na faca
  • 2 col sopa picles picados em cubos bem pequenos
  • ½ col sopa salsinha bem picada
  • ½ col sopa de limão (usei siciliano)
  • pitada de sal e pimenta branca

PRE-PA-RA

Maionese:

  1. Misture todos os ingredientes, com exceção do óleo, no liquidificador e comece a bater.
  2. Pelo buraco da tampa, vá derramando um fio de óleo com o liquidificador funcionando e mexendo a mistura. Bata até que a mistura do leite comece a engrossar, até ficar com consistência de maionese. Dá para fazer na mão? Dá. Mas tem que bater bem e ininterruptamente até virar maionese. Se quiser uma aula de musculação grátis, fica a dica.
    Atenção: a quantidade de óleo é muito relativa, portanto, vá acrescentando até dar o ponto – que pode ser mais do que a quantidade recomendada. Quem falou que maionese era light?

Molho tártaro:

  1. Faça a maionese como explicado acima.
  2. Acrescente os demais ingredientes e misture bem.

 

Molhos para Hamburguer: Maionese de Leite e Alho (sem ovos) e Molho Tártaro

Molhos para Hamburguer: Maionese de Leite e Alho (sem ovos) e Molho Tártaro