Tzatziki

Tzatziki

Eu poderia dizer pra vocês que eu não posto há mais de um mês porque minha vida está muito atribulada, porque tenho feito muitas coisas, porque tenho tido muitos afazeres, mas a verdade é que eu não posto há mais de um mês por motivos de: Charlie Hunnam e Sons of Anarchy.

Tzatziki

soa1

soa3

Pra quem não conhece, SOA é uma série sobre um clube de motoqueiros foras-da-lei, passada na pacata cidade de Charming. A história gira em torno do clube, seus negócios, os membros e como eles fazem para sobreviver ao lidar com gangues rivais. Muita testosterona, motos, tatuagens, boys suados, perseguições e confusão. Até aí, tudo bem.

O problema é que a série conta com a participação de Charlie Hunnam, como Jax. E, MEU DEUS DO CÉU, Charlie Hunnam sujo de graxa, suado, todo tatuado em cima de uma moto, foi demais para meu pobre coração.

E se você ainda não teve a dádiva de conhecer Charlie Hunnam, senta aqui e deixa eu mudar sua vida.

Charlie barbudo

Jax barbudo

Charlie bravo

Jax bravo

Charlie brigão

Jax brigão

Charlie satisfeito

Jax satisfeito

Charlie com sorriso maroto

Jax com sorriso maroto

Charlie conselheiro

Jax conselheiro

Jax nos traindo.

Jax nos traindo

Jax paizão

Jax paizão

Jax pedindo desculpas

Jax pedindo desculpas

Jax poderoso chefão

Jax poderoso chefão

Jax sem camisa

Jax sem camisa

Jax preocupado

Jax preocupado

Jax feliz

Jax feliz

Jax tatuado

Jax tatuado

Jax tomando banho

Jax tomando banho

Jax xatiado

Jax xatiado

Jax olhar sedutor

Jax olhar sedutor

DE NADA.

A série tem ainda Chibs, mas só entenderá meu amor platônico por Chibs quem vir a série.

Mas agora vamos falar de comida, neam?

Aqui tem feito um calor manauara, e pra apagar o fogo refrescar nesse verão, comidas frias são sempre uma boa pedida. Uma das minhas preferidas é o Tzatziki, uma receita grega maravilhosa e bem fácil de fazer.

O tzatziki é uma espécie de patê. Eu gosto de usá-lo como molho para salada também, então, fica ao seu critério. Use a imaginação!

 

Ingredientes

  • 1 pepino médio
  • 1 ½ pote de iogurte natural (usei o grego, porque né, receita grega, iogurte grego…)
  • suco de ½ limão siciliano grande (pode ser o tahiti, mas não saberia dizer a quantidade)
  • sal e pimenta preta a gosto
  • 1 col sopa cheia folhas de hortelã picadas finamente
  • 1 dente de alho bem pequeno espremido
  • ½ col chá azeite extra-virgem

PRE-PARA

  1. Retire a casca e as sementes do pepino. Rale a polpa, disponha sobre uma peneira e salpique sal. Deixe descansando por 30 minutos (esse procedimento irá retirar a água do pepino).
  2. Coloque o pepino em um pano de prato e esprema muito bem, tirando todo o líquido que conseguir.
  3. Misture todos os ingredientes e leve para gelar por 30 minutos.
  4. Se refresque bastante depois dessa sessão de magia calor.

Tzatziki

Arancini (Arancino)

Arancini  (Arancino)

Arancini  (Arancino)

Este post inicialmente deveria ter ido ao ar na segunda pois é uma bela-maravilhosa-mais-que-tudo opção para a #Segundasemcarne. Como não foi possível por motivos de: estava muito ocupada no sábado bebendo, no domingo assistindo filmes e na segunda estudando, ele vai ao ar hoje, porque a gente atrasa mas faz.

A propósito, como anda a vida de vocês? A minha, como sempre, de pernas pro ar. Muita coisa pra fazer, pouco tempo pra executar, o que acaba com que eu me torne QUEEN MOTHER da procrastinação. Sou só eu quem sinto que o dia deveria ter 48 horas? To achando uma baita sacanagem esse negócio de dia com 24 horas. Até porque (CRUZES!) já estamos em JUNHO!!

Arancini  (Arancino)

Parem o mundo que eu quero descer!!!

Enquanto o ano não acaba, algo que irá acontecer tipo AMANHÃ, a gente faz o que pode pra comer comida boa. E arancini, amigue, é tipo a receita que prova que tudo que é bom tem como ficar melhor SIMMMMMMMMMMMMMMMMM!

Lembram da receita de Risoto de Aspargos que fiz para acompanhar o Magret de Pato? Pois é, o risoto que sobrou, virou arancini! Não deu nem pra ter trabalho.

Além de fácil de fazer, é ainda uma excelente alternativa pra usar o arroz que sobrou, uma vez que risoto requentado deveria ser proibido por lei CADÊ DEPUTADOS PRA FAZEREM UMA LEI QUE PRESTE????

Ingredientes (rende 8 unidades grandes)

  • 2 xic de risoto (qualquer um)
  • salsinha picada
  • 1 ovo
  • 4 col sopa parmesão ralado
  • sal e pimenta do reino (pimenta preta) a gosto
  • 1/2 xic farinha de rosca (pão ralado)
  • cubos de mozzarela de búfala ou mozzarela normal

Para empanar:

  • 1 ovo batido
  • q.b. farinha de rosca (pão ralado)
  • óleo

PRE-PARA

  1. Aqueça o óleo a uma temperatura média para alta (aproximadamente 160º).
  2. Em uma tigela, misture todos os ingredientes do arancini, com exceção da mozzarela. Faça bolinhas do tamanho de bolas de golge, pressione com o dedo no meio até fazer um buraco, coloque o cubo de mozzarela e feche.
  3. Repita o processo até acabar com a massa.
  4. Passe as bolinhas de arancini no ovo batido, depois na farinha de rosca e frite.

Arancini  (Arancino)

Patê Vegano de Castanha-de-Caju com Castanha-do-Pará

Patê Vegano de Castanha-de-Caju com Castanha-do-Pará

olaR

Como.vocês.estão?

Fazia tempos que eu não postava uma receitinha vegana por aqui, neam? A #SegundaSemCarne andava mais pra lá do que pra cá, mas hoje ela está de volta!

Essa receita é um patê que adoro e sempre aparece por aqui, principalmente no pequeno-almoço, mas tenho que confessar que eu não inventei a roda. A receita original é essa aqui da Sandra Guimarães, do Papa Capim, um site delicioso recheado de comidinhas veganas e boas histórias. Se não conhece, vale a pena conferir!

Como sempre, eu fiz muitas adaptações da receita original. Na verdade, eu peguei o princípio da receita, adaptei e diminui as quantidades (a receita original faz uma quantidade enorme e como seria para uma só pessoa seria muito patê e iria estragar) dei uma simplificada e transformei nessa aqui que vos apresento hoje. Trabalho? Quase nenhum. Sucesso? Garantido!!

Ingredientes

  • 1 xic de castanhas-de-caju não torradas e sem sal
  • 10 unid de castanha-do-Pará (já substituí por amêndoas e deu certo)
  • 2 col chá de pasta de missô
  • água a gosto
  • suco de 1 limão pequeno (ou a gosto do freguês)
  • sal a gosto

PRE-PARA

  1. Deixe as castanhas de molho por pelo menos 12 horas em água suficiente para cobrir.
  2. Descarte a água do molho e leve as castanhas ao liquidificador juntamente com o missô até que vire uma mistura homogênea. Acrescente colheradas de água aos poucos para fazer o patê, mas vá com calma para não acrescentar demais.
  3. Quando estiver tudo bem batido (você provavelmente vai precisar parar o liquidificador para mexer com a colher durante o processo) coloque a massa em recipiente de vidro e leve a um local escuro (dentro do forno ou microondas, por exemplo) para fermentar por 24 horas.
  4. Após este tempo, acrescente sal e limão a gosto, misturando mais. Para misturar bem, usei liquificador de mão ou, como chamamos em Portugal, varinha-mágica.
  5. Só devorar. De acordo com a Sandra, o queijo se conserva por uma semana na geladeira.

O patê tem gosto de queijo? Para mim não, para a minha mãe sim. Depende muito do paladar. Mas ainda que não se pareça com queijo, o gosto é uma delícia. :)

Patê Vegano de Castanha-de-Caju com Castanha-do-Pará

Feliz 2015 e Mull de Berinjela e Tofu

Depois de um longo, longo inverno…

Mull de Berinjela

Desde o último post teve férias prolongadas, natal, ano novo, uma máquina fotográfica na assistência e uma defesa da tese de mestrado, OU SEJA, #tavafácilpraninguém

E por falar em defesa de mestrado….

Mull de Berinjela e Tofu

Sou mestre!!! Uaaaaaaaaaaaalaaaaaaaaaaaaa

 

Foram dois anos de muita dedicação, muitas noites mal dormidas, muito nervosismo e muitos, muuuuuuitos livros lidos, mas tudo foi recompensado no final. Foi um dia para ficar na memória.

Mull de Berinjela e Tofu

After Party

E lógico que tinha que ter comemoração na casa dos Stefaisk Medeiros. Um vinho, só para não deixar o dia passar em branco, uma vez que eu estava muito cansada porque o nervosismo me deixou completamente esgotada #soudessas. A propósito, vinho aprovadíssimo!

Estou pensando, inclusive, em criar a categoria #vinhodasemana, uma vez que eu e marido costumamos beber um vinho diferente toda sexta, para conhecer a vasta, porém bela variedade de vinhos portugueses. Que acham? #novidades

Mas agora vamos ao que interessa mesmo nesse recanto da internet: COMIDA.

Dias atrás estava eu viajando nos blogs de comida (porque quando não é isso é vídeo de bicho) quando me deparei com a receita de Mull de Berinjela, do blog Technicolor Kitchen.  Meu único pensamento foi: tenho que fazer isso AGORA. Fiz a primeira vez e, como era óbvio que iria acontecer, nunca mais parei. Com algumas pequenas adaptações e incrementos, nasceu o Mull de Berinjela com Tofu, que vos apresento hoje, como todo amor e carinho. Congratz eternos à Patrícia Scarpin porque isso é DOSSSSHHHH DEUSESSSSHHHH

Mull de Berinjela e Tofu

Ingredientes (serve 2 pedreiros)

  • 1 berinjela grande cortada no sentido do comprimento e depois em fatias de ½ dedo (vai ficar tipo meia-lua)
  • azeite de oliva a gosto
  • sal e pimenta do reino a gosto
  • ½ cebola picada em cubos
  • 3 dentes de alho espremidos
  • 4 tomates (que não estejam muito maduros, daqueles que já estão mais moles) cortados em cubos grosseiros
  • 1 col chá páprika picante (ou páprika normal, caso não goste de pimenta)
  • ½ col chá cominho em sementes esmagados na hora (caso não tenha, pode usar o em pó mesmo, mas o sabor vai ficar mais fraco)
  • 150g tofu cortados em cubos
  • suco de ½ limão grande siciliano ou tahiti
  • 1 col chá orégano seco
  • folhas de manjericão

PRE-PA-RA

  1. Disponha berinjela em forma untada com azeite, tempere com sal e pimenta e mais azeite e leve para assar em forno pré-aquecido a 180º por aproximadamente 20 minutos (ela deve começar a amolecer, mas não demais a ponto de perder o formato e se desfazer).
  2. Em uma panela, esquente o azeite e refogue a cebola até que esteja dourada. Acrescente o alho e refogue mais 2 minutos. Adicione o tomate, a páprika, o cominho, sal e pimenta e deixe cozinhar por cerca de 5 minutos ou até que o tomate esteja se desfazendo.
  3. Acrescente o tofu e refogue por mais 2 minutos. Em seguida, acrescente a berinjela, cozinhe mais 2 minutos, para que tudo incorpore o sabor dos temperos. Acerte sal, caso necessário.
  4. Desligue o fogo, adicione o limão, orégano e folhas de manjericão. Sirva ainda quente.

Mamão com açúcar, né?

Mull de Berinjela e Tofu

Gente, essa receita é deliciosa!!! Fica bom como antepasto (retirando o tofu lembra uma caponata), como prato principal acompanhado de salada de folhas verdes e, segundo meu marido (que mandou eu dar a dica) fica maravis com uma massa e usando o Mull como molho! E olha, se ele, que odiava berinjela e tofu mandou eu dar a dica, é porque a dica é de amygoh!

Mull de Berinjela e Tofu

Beijo me liga!

Brusqueta (Bruschetta) Clássica e “Tudo depende da consciência das pessoas”

 

Brusqueta Clássica

Itália, TCHIAMU!

Vamos falar de coisa boa? Vamos falar de brusqueta? SE VOCÊ LEU OUTRA COISA, VOCÊ TÁ NO BLOG ERRADO.

Como tradicionalmente já temos feito por aqui, durante a Segunda Sem Carne o post é de receitas veganas ou vegetarianas. E se tem uma receita vegetariana que eu AMO é a brusqueta clássica. A combinação de tomate, azeite, queijo e manjericão é simplesmente genial! Quem resolveu pensar que dava certo…

36545-olha-ta-de-parabens-diapo-1

ô trem bão!!!!

E já que estamos falando da Segunda Sem Carne, como já contei aqui, semana passada eu estive no evento do Dia Mundial da Alimentação organizado pela FAO em parceria com a Calouste Gulbenkian, para discutir o combate ao desperdício. Tive a oportunidade de conversar com o representante da FAO em Portugal, Hélder Muteia, que também já atuou no Brasil por três anos.

Na entrevista, questionei o representante principalmente sobre a questão da pecuária e seus efeitos degradantes ao meio ambiente, aos ecossistemas e até mesmo à saúde (sem falar nos maus-tratos aos animais). O diretor me respondeu que, para atingirmos o equilíbrio do ecossistema, é sim preciso que toda a sociedade consuma de forma mais consciente e altere seus padrões de consumo: “É necessário evitar excessos e revisitar todos os sistemas para sermos mais eficientes e sustentáveis”, comenta. Ainda de acordo com Muteia, esta mudança é sim possível, e como exemplo deu o Reino Unido, que em poucos anos, reduziu drasticamente seu desperdício: “Devemos trabalhar para despertar as consciências. As pessoas estão no comando de tudo, tudo depende da consciência das pessoas.”, pondera.

Realmente, tudo depende da consciência das pessoas. Se eu e você decidirmos que está na hora de mudar o mundo, de mudar as políticas e de mudar a fome, a miséria e o desperdício, ninguém poderá nos impedir. A mudança somos eu e você, colegue!

E para incentivar a diminuição do consumo de carne, vou postar uma receita que NÃO TEM como ser melhor. A clássica brusqueta!

Ingredientes (para 2)

  • 2 pães inteiros ou 4 fatias do pão de sua preferência (eu não lembro o nome do pão que eu usei, sorry :[ )
  • 1 dente de alho descascado
  • 5 tomates picados em cubos
  • 150g mozzarella cortada em cubos ou qualquer outro queijo amanteigado
  • 150 ml azeite extra-virgem DO BOM
  • folhas de manjericão para decorar
  • sal a gosto

PRE-PARA

  1. Em uma tigela, misture o tomate com o queijo. Só tempere com sal na hora em que for montar a brusqueta e servi-la, pois o sal fará com que o tomate solte água.
  2. Grelhe levemente uma das superfícies dos pães, para que eles dêem uma leve tostada mas não cheguem a torrar. Eu fiz na boca do fogão por que não quis esquentar um forno inteiro só para isso.
  3. Esfregue em toda a superfície do pão o dente de alho.
  4. Agora, capriche no azeite. Molhe bem os pães com essa maravilha divina.
  5. Disponha os tomates com queijo já temperados. Capriche na quantidade!
  6. Coloque mais azeite por cima dos tomates para temperá-los.
  7. Coloque folhinhas de manjericão (em duas brusquetas eu fiz um teste e coloquei folhas de orégano frescas, mas não tem nem comparação! Com manjericão fica mil vezes melhor).
  8. Sirva imediatamente.

Brusqueta Clássica

 

Brusqueta Clássica