Feliz 2015 e Mull de Berinjela e Tofu

Depois de um longo, longo inverno…

Mull de Berinjela

Desde o último post teve férias prolongadas, natal, ano novo, uma máquina fotográfica na assistência e uma defesa da tese de mestrado, OU SEJA, #tavafácilpraninguém

E por falar em defesa de mestrado….

Mull de Berinjela e Tofu

Sou mestre!!! Uaaaaaaaaaaaalaaaaaaaaaaaaa

 

Foram dois anos de muita dedicação, muitas noites mal dormidas, muito nervosismo e muitos, muuuuuuitos livros lidos, mas tudo foi recompensado no final. Foi um dia para ficar na memória.

Mull de Berinjela e Tofu

After Party

E lógico que tinha que ter comemoração na casa dos Stefaisk Medeiros. Um vinho, só para não deixar o dia passar em branco, uma vez que eu estava muito cansada porque o nervosismo me deixou completamente esgotada #soudessas. A propósito, vinho aprovadíssimo!

Estou pensando, inclusive, em criar a categoria #vinhodasemana, uma vez que eu e marido costumamos beber um vinho diferente toda sexta, para conhecer a vasta, porém bela variedade de vinhos portugueses. Que acham? #novidades

Mas agora vamos ao que interessa mesmo nesse recanto da internet: COMIDA.

Dias atrás estava eu viajando nos blogs de comida (porque quando não é isso é vídeo de bicho) quando me deparei com a receita de Mull de Berinjela, do blog Technicolor Kitchen.  Meu único pensamento foi: tenho que fazer isso AGORA. Fiz a primeira vez e, como era óbvio que iria acontecer, nunca mais parei. Com algumas pequenas adaptações e incrementos, nasceu o Mull de Berinjela com Tofu, que vos apresento hoje, como todo amor e carinho. Congratz eternos à Patrícia Scarpin porque isso é DOSSSSHHHH DEUSESSSSHHHH

Mull de Berinjela e Tofu

Ingredientes (serve 2 pedreiros)

  • 1 berinjela grande cortada no sentido do comprimento e depois em fatias de ½ dedo (vai ficar tipo meia-lua)
  • azeite de oliva a gosto
  • sal e pimenta do reino a gosto
  • ½ cebola picada em cubos
  • 3 dentes de alho espremidos
  • 4 tomates (que não estejam muito maduros, daqueles que já estão mais moles) cortados em cubos grosseiros
  • 1 col chá páprika picante (ou páprika normal, caso não goste de pimenta)
  • ½ col chá cominho em sementes esmagados na hora (caso não tenha, pode usar o em pó mesmo, mas o sabor vai ficar mais fraco)
  • 150g tofu cortados em cubos
  • suco de ½ limão grande siciliano ou tahiti
  • 1 col chá orégano seco
  • folhas de manjericão

PRE-PA-RA

  1. Disponha berinjela em forma untada com azeite, tempere com sal e pimenta e mais azeite e leve para assar em forno pré-aquecido a 180º por aproximadamente 20 minutos (ela deve começar a amolecer, mas não demais a ponto de perder o formato e se desfazer).
  2. Em uma panela, esquente o azeite e refogue a cebola até que esteja dourada. Acrescente o alho e refogue mais 2 minutos. Adicione o tomate, a páprika, o cominho, sal e pimenta e deixe cozinhar por cerca de 5 minutos ou até que o tomate esteja se desfazendo.
  3. Acrescente o tofu e refogue por mais 2 minutos. Em seguida, acrescente a berinjela, cozinhe mais 2 minutos, para que tudo incorpore o sabor dos temperos. Acerte sal, caso necessário.
  4. Desligue o fogo, adicione o limão, orégano e folhas de manjericão. Sirva ainda quente.

Mamão com açúcar, né?

Mull de Berinjela e Tofu

Gente, essa receita é deliciosa!!! Fica bom como antepasto (retirando o tofu lembra uma caponata), como prato principal acompanhado de salada de folhas verdes e, segundo meu marido (que mandou eu dar a dica) fica maravis com uma massa e usando o Mull como molho! E olha, se ele, que odiava berinjela e tofu mandou eu dar a dica, é porque a dica é de amygoh!

Mull de Berinjela e Tofu

Beijo me liga!

Anúncios

Antepasto de Berinjela

Antepasto de Berinjela

Que berinjela é vida, todo mundo sabe. E se você não sabe, pode tratar de saber. Uma das verdura (?) mais versáteis que existe, além de muito nutritiva ela é pau pra toda obra.

A beri sempre dá o ar da sua graça por aqui, tamanho o amor que temos por ela aqui em casa. Ela é uma fofa! E como apesar de escrava da dissertação eu não largo da sexta-feira do happy hour, aí vai uma receitinha que combina maravilhosamente bem com aquela cerva bem gelada, que aqui a gente não brinca em serviço não!

Sexta-feira é sagrada, na minha religião. Não, pera…

Ingredientes

  • 1 berinjela grande ou duas pequenas
  • 1 cebola grande (tanto faz se for a roxa ou a normal)
  • 250 g tomate-cereja
  • 5 dentes de alho cortados em fatias finas
  • ½ a ¾ de xic de azeite (depende do quanto você gostar de azeite em antepastos, eu usei ¾)
  • 2 col sopa vinagre branco (usei de arroz)
  • 2 col sopa vinagre balsâmico
  • ½ col sopa orégano seco
  • 1 col chá tomilho seco (ou outra erva de sua preferência, como alecrim, tomilho
  • 1 col chá sal
  • 1 ½ col sopa açúcar (para uma versão mais light – ou menos gorda – eu usei a mesma quantidade de adoçante culinário e deu super certo)

PRE-PARA

  1. Pré-aqueça o forno a 180º.
  2. Em uma assadeira, coloque metade do azeite. Coloque alho, tomate cortado ao meio e berinjela e cebola cortados em cubos. Tempere com os vinagres, as ervas secas, sal e açúcar.
  3. Leve para assar por aproximadamente 30 minutos, abra o forno, mexa, prove o tempero e acerte o sal caso necessário e volte a assar por mais 30 minutos.
  4. Coloque em uma torrada e seja MUITO feliz.

Antepasto de Berinjela

 

Salsa Tonnata

 Salsa Tonnata

Óia eu aqui novamente postando foto de comida de boteco. Na realidade, ela não é comida de boteco mas é como se fosse mas como a gente usou aqui na comida do happy hour de toda semana, vai na categoria mesmo.

Essa salsa tonnata é a coisa mais mamão com açúcar de fazer, além de ser muito, mas muito gostosa. Para dias de calor então, é a salsa perfeita. Ela fica ótima também para você colocar no meio daquele seu sanduíche natural que você leva pra praia naquele isopor #alok

Essa salsa pode ser feita com ou sem maionese e ambas ficam maravilindas. Dessa vez eu usei com maionese mas quase que foi sem. Acontece que a maldição da maionese atacou novamente e minhas duas tentativas foram frustradas. Me emputeci e fui ao supermercado que tem aqui perto e comprei pronta. #REVOLTS 

Bora logo pra parte que interessa.

Ingredientes (para duas pessoas)

  • 2 latas de atum em conserva drenado (usei o conservado na água)
  • 2 ovos cozidos e picados
  • 4 filetes de anchovas
  • 2 col sopa de alcaparras
  • 2 a 3 col sopa de maionese (se for caseira, melhor)
  • 2 col sopa de salsinha bem picada
  • 1 col sopa azeite extra-virgem
  • sal a gosto (opcional, não usei mas gosto de comida sem sal)
  • pitada de pimenta branca (opcional)

PRE-PARA

  1. Pique tudo.
  2. Misture tudo.

Dica: caso queira fazer sem maionese, acrescente azeite até sentir que a mistura está úmida e suave. 

Salsa Tonnata

E olha quem apareceu novamente, na versão mini:

Salsa Tonnata

Versão mini AND desfocada

Patês variados

Patês variados

Ontem eu postei a receita de Falafel e, como prometido, vou postar hoje a receita dos três patês (pastas) que acompanharam o bolinho.

Promessa é dívida aqui, amigue!

Na verdade todos eles são muito simples e bem práticos, com exceção do baba ganoush, que eu já postei a receita aqui. Dessa vez eu fiz um pouco diferente, por isso vou colocar a receita novamente.

Eles são ótimos tanto para acompanhar bolinhos quanto para acompanhar pães e torradas. Como molho de salada também ficam excelentes!

O que está no prato é Baba Ganoush, os outros dois são pastas de azeitonas e de iogurte grego com ervas. Multiplica, senhor!!!

 

Ingredientes

Para o Baba Ganoush:

  • 1 berinjela grande
  • 1 ½ col sopa de tahine (pasta de gergelim/sésamo)
  • suco de 1 limão (usei o siciliano)
  • pitada de sal e pimenta preta
  • 1 dente de alho

Para o molho de iogurte:

  • 1 ou 2 copos de iogurte grego (depende da quantidade que você quer de molho)
  • folhas de ervas aromáticas (usei sálvia, alecrim, salsinha, hortelã e tomilho)
  • suco de ½ limão (usei siciliano)
  • pitada de sal

Para a pasta de azeitonas:

  • 1 xic de azeitonas pretas sem caroço
  • 2 col sopa azeite
  • pitada de orégano
  • 2 folha de manjericão
  • ½ alho

PRE-PARA

  1. Para o molho de iogurte, é só misturar tudo.
  2. Para o patê de azeitonas, é só misturar tudo no liquidificador, processador ou mixer.
  3. Para o baba ganoush, coloque a berinjela já lavada diretamente na chama do fogão. A ideia é que o fogo da chama encoste na casca presta e queime-a. Não precisa se preocupar, que a casca irá queimar e irá “defumar” a polpa da berinjela. Faça isso até que toda a casca esteja queimada.
  4. A seguir, faça um corte vertical na berinjela, de forma a conseguir retirar toda a polpa da mesma, descartando a casca. Acrescente os demais ingredientes em um mixer (ou outro equipamento) e bata tudo até que esteja tudo bem incorporado. Prove para acertar o tempero.

Patês variados

Patês variados

Patês variados

Falafel Inspired – sem Glúten

Falafel Inspired

Oioioi

Tudo bem? Passaram bem o findi?

Por aqui foi tudo tranquilo, passei com a cara enfiada nos livros. Não bastasse uma dissertação pra escrever, ainda tenho prova amanhã de alemão AKA língua do capeta. Pensa numa língua difícil!

Até pra perguntar quanto custa eu tenho que pensar antes para não falar besteira, veja bem meu nível na língua.

No mais, aproveitei para comprar grão de bico no supermercado e fazer um dos bolinhos que mais amo na vida: falafel. Pensa num troço delicioso!

E como hoje é #segundasemcarne, a receita se mostrou muito oportuna. :)

Pra quem não sabe o que é #segundasemcarne, vale a pena dar uma olhada nesse link aqui e nesse link aqui (em inglês).

E como #asminapira numa receita BBBR = boa, bonita, barata e rápida, hoje vou mostrar o falafel que sempre rola em casa.

A receita das pastinhas que aparecem nas imagens eu dou durante essa semana. Aguardem cenas dos próximos capítulos.

Ingredientes (para duas pessoas)

  • 3 xíc de grão de bico cozido
  • 1 col sopa azeite
  • 1 col sopa água (caso necessário)
  • 1 col café cominho moído
  • pitada pimenta preta
  • 2 dentes de alho
  • folhas de salsinha, cebolinha e coentro
  •  cebola pequena ralada
  • ½ xíc farinha de arroz integral ou de soja ou de quinoa ou de linhaça (pode ser farelo de aveia ou farinha de trigo também, mas aí não vai ser sem glúten) – dá pra fazer sem farinha também, tudo vai depender da consistência do bolinho

Se comprar o grão de bico para cozer, deixe-o de molho por no mínimo 8 horas (de preferência de um dia para o outro) trocando a água pelo menos duas vezes, para retirar os antinutrientes. Depois coza por 20 minutos em água com sal e folha de louro depois que a panela de pressão começar a fazer barulho.

PRE-PARA

  1. Em um processador ou liquidificador, misture o grão de bico, os temperos, azeite, alho e cebola. Misture até que tudo vire uma massa. Agora você deve analisar a consistência e decidir se é necessário acrescentar água ou não. Acrescente a farinha e misture mais. A consistência deve ser firme, mas molhada. Não é para ficar seca.
  2. Faça os bolinhos com as mãos e leve para assar em forma untada em forno pré-aquecido a 180º por 20 minutos.
  3. Após esse tempo, aumente a temperatura para 200º até dourar.

A receita original do falafel é frita mas eu nunca fiz a original. Afinal, além de sem carne tem que (de preferência) ser saudável!

Falafel Inspired