Mac and Cheese

Mac and Cheese

O post de hoje é pra você, caro amigo solteiro, cara amiga solteira, que mora sozinho e quer pagar de CHEF prozamigue, companheiros, sogra ou até pros pais pra parecer que dá conta de morar sozinho sem viver só de miojo. Porque, PENSE numa comida fácil e gostosa!

Se você não mora sozinho, tipo eu, também pode fazer, afinal todo mundo merece comer comida boa sem esquentar a barriga no fogão por horas!

sexta-noite

A vida, ela é uma brincante.

Ingredientes (para 4 a 6 pessoas)

  • 500 g macarrão tipo “cotovelinho”
  • 150 g bacon picado
  • 2 col + 1 col sopa manteiga
  • 1 col sopa azeite
  • ½ cebola média ralada (opcional)
  • 2 col sopa cheias farinha trigo
  • 500 ml leite
  • 200 g cheddar ou outro queijo da sua preferência
  • pitada pimenta-preta
  • pitada noz-moscada
  • pitada sal
  • 250 g mozzarella ralada
  • ½ xic pão ralado, farinha de rosca no Brasil, aproximadamente (opcional, mas faz diferença)

PRE-PARA

  1. Cozinhe o macarrão conforme instrução da embalagem e pré-aqueça o forno a 220º.
  2. Dissolva a farinha de trigo no leite para ela não empelotar seu molho branco.
  3. Em uma panela fria, coloque o bacon e acenda o fogo em temperatura média e doure o bacon. O motivo de colocar o bacon na panela fria é porque se colocá-lo na panela quente, o bacon selará e a gordura não vai soltar. Na panela fria, a gordura vai soltar.
  4. Após o bacon dourar, tire-o da panela mas deixe a gordura. Acrescente 2 col sopa manteiga e azeite e refogue a cebola.
  5. A seguir, acrescente a farinha de trigo dissolvida no leite e espere ferver. Quando ferver, acrescente noz-moscada e pimenta-preta, abaixe o fogo e espere o molho engrossar (leva 2 minutos mais ou menos).
  6. Quando engrossar, acrescente o queijo, o bacon e 1 col sopa manteiga e desligue o fogo. Acerte o sal, caso necessário.
  7. Agora, acrescente o macarrão (cozido e escorrido, né colega!) e incorpore tudo.
  8. Em uma refratária, disponha o macarrão e a mozzarella ralada por cima. Agora, polvilhe aos poucos o pão-ralado por cima do queijo. Ele fará uma casquinha ~cocrante~ por cima, que ficará +QD+.
  9. Se seu forno tiver a opção grelhar, utilize. Asse por alguns minutos até que o queijo esteja derretido e o pão dourado. No meu forno levou 15 minutos.

Mac and Cheese

Lasanha de Carne Seca

Lasanha de Carne Seca 2Lasanha e carne seca no mesmo post??? É isso mesmo produção??? PODE ISSO, ARNALDO????

Não só pode, como DEVE. Além de ser uma das grandes maravilhas do mundo moderno, a carne seca também é muito versátil e pode fazer pratos deliciosos, além do Risoto de Carne Seca com Mandioca e de Escondidinho que eu já ensinei. Bota o tico e o teco para funcionar e ouse! Faça combinações que parecem que tem tudo para dar errado, mas no final dão mais do que certo.

No domingo, dia universal da lasanha, a Luiza Marilac baixou em mim e resolvi fazer algo diferente. Eu tinha uma carne seca há mais de um mês esperando a hora certa de ir pra panela. Uma das coisas maravilhosas de receber visitas com frequência é que a gente pode explorá-las e pedir coisas absurdas que elas trazem e nem ficam chateadas. :D

Essa receita não é complicada, mas tem muitas etapas. Por isso, não invente de fazê-la naquele dia em que você precisa comer em meia-hora que NÃO VAI DAR CERTO – a não ser que você use a carne seca dessalgada e já desfiada, mas pra mim essas carnes tem gosto de remédio :[

Ingredientes (para 2 pedreiros ou 4 pessoas de estômago normal)

  • 1 kg de carne seca
  • 1 cebola média picadas em cubos
  • 3 dentes de alho bem picados
  • 2 pimentões vermelhos médios picados em pedaços pequenos
  • 1 cenoura grande picada em pedaços pequenos
  • ervas aromáticas (usei sálvia e tomilho)
  • pimenta preta (reino) a gosto
  • ½ chá de páprica doce (opcional)
  • pitada de pimenta cayenna (opcional)
  • 2 col sopa cheias de manteiga + 1 col sopa azeite
  • 1 ½ xic de extrato de tomate
  • 2 col sopa açúcar
  • massa de lasanha
  • 200 g queijo mozzarella ralado

PRE-PARA

  1. O preparo começa na noite anterior, colocando a carne seca para dessalgar. Troque a água diversas vezes, para eliminar o excesso de sal.
  2. Após 24 h de dessalgue, coloque em uma panela de pressão a carne seca, os pimentões, a cenoura, a cebola, o alho. Tempere com as ervas de sua preferência, pimenta preta, pimenta cayenna e páprica doce e cubra com bastante água. Não precisa acrescentar sal! Tampe e assim que a panela pegar pressão e começar a fazer barulho, conte 1 h.
  3. Após esse tempo desligue o fogo e deixe a panela liberar a pressão interna. Nunca, jamais force uma panela de pressão.
  4. Retire somente a carne, primeiramente. Separe a carne da gordura (carne seca tem muita gordura, você perderá uns 30% aproximadamente) e desfie a carne.
  5. Em seguida retire os pedaços de cenoura, pimentão e cebola. Amasse bem, fazendo um purê.
  6. Em uma panela, coloque a manteiga com azeite para esquentar. Refogue a carne seca e em seguida acrescente o purê e depois o extrato de tomate. Deixe ferver. Depois, acrescente o açúcar para regular a acidez do molho e acerte sal e pimenta, caso necessário.
  7. Agora é só montar a lasanha: intercale uma camada de molho e uma de massa até finalizar com uma de molho. Coloque o queijo por cima e leve para assar em forno a 180º (o meu é potente, se o seu não for, coloque 200º) por 20 minutos ou até que o queijo esteja derretido e gratinado.

 

Lasanha de Carne Seca

ÓIA O CRIME!!!

Lasanha de Carne Seca

Almôndegas de Berinjela e Courgette com Pasta de Lentilhas – #Vegano, dá para ser #gluten-free e #lowcarb!

Almôndega de Berinjela e Courgette com Pasta de Lentilhas

Tem dias que a gente acorda com o fiofó virado pra lua, os anjos dizem amém, a sua mão vira de fada e o universo conspira ao nosso favor na cozinha e aquela experiência, que você não faz nenhuma ideia se vai dar certo, fica DEUSA, LOUCA UMA FEITICEIRA de primeira. Foi assim com essas duas receitas.

A história começou com uma lentilha que no pacote estava escrito que deveria ser cozida por 25-35 minutos. Eu, como obediente que sou, deixei o mínimo para ver se ainda estava dura ou já estava boa. Quando eu abri, a surpresa: papa de lentilha.

Como ela já tinha passado do cozimento ideal, pensei: minhas opções são fazer uma pasta ou sopa. Fui de pasta e, caros amigues, que sábia decisão!

Fiz a pasta mais ou menos como um hommus, mas sem muita firulice. Só digo uma coisa: todo mundo comprando AGORA lentilha pra fazer essa pasta PRA ONTEM.

Com a berinjela e a courgette, a história não foi tão emocionante. Acontece que eu viajo amanhã e tinha que usá-las de alguma forma, senão estragariam. Eu preciso viajar sempre para ter ideias como essa, vou te contar. Bendita viagem, que trouxe para minha vida a DIVA da almôndega de berinjela e courgette! Adotei as duas receitas para a vida, sério.

E como eu to muito emocionada e as receitas combinam mais do que Romeu e Julieta, vou postar as duas hoje. #soulegal

Anotaí.

Ingredientes para as Almôndegas de Berinjela e Courgette (rende 8)

  • 3 col sopa azeite
  • 1 cebola pequena cortada em cubos
  • 2 dentes de alho ralados
  • 1/2 courgette grande ralada (no Brasil dá pra trocar perfeitamente pela abobrinha)
  • 1 berinjela média cortada em cubos (da próxima vez eu vou tentar ralar tb para que os pedaços não fiquem tão visíveis)
  • sal e pimenta do reino a gosto
  • suco de 1/2 limão siciliano
  • 1 xic aproximadamente de farelo de trigo – você pode precisar de mais ou menos para dar o ponto na massa (para uma versão gluten-free é só usar outro tipo de farinha, como a de arroz ou a de quinoa)
  • farinha de rosca (pão ralado em PT)

PRE-PARA

  1. Em uma panela em fogo médio para alto, refogue alho e cebola em azeite até começarem a ficar transparentes.
  2. Acrescente a berinjela e a courgette e tempere a gosto com sal e pimenta.
  3. Mexa de vez em quando para que a berinjela e a courgette soltem toda a água e cozinhem. Só pare de cozinhar quando elas já estiverem moles, o que não demora muito.
  4. Desligue o fogo e acrescente o farelo de trigo (ou outra farinha) e mexa bem, até que forme uma massa – a quantidade de farelo pode variar, acrescente até dar o ponto no qual ela não despedace. Deixe esfriar um pouco para você conseguir trabalhar a massa com as mãos.
  5. Aqueça o forno a 200º e unte uma forma com azeite.
  6. Coloque a farinha de rosca em um prato. Faça bolinhas com a massa de berinjela com a mão e envolva na farinha de rosca.
  7. Leve para assar por 20 minutos, aproximadamente – o tempo de forno depende de você: lembre-se que tudo já está cozido, o forno serve apenas para dar uma dourada na almôndega.
  8. Dá para servir também com molho de tomate. ;)

Ingredientes para Pasta de Lentilhas

  • 8 col sopa de lentilhas cozidas
  • 1 col sopa de tahini (pasta de gergelim/ sésamo)
  • 1 dente de alho ralado
  • suco de 1/2 limão siciliano
  • 1 punhado de salsinha picada
  • sal a gosto

PRE-PARA

  1. Misture tudo em um processador ou liquidificador. Sirva com azeite por cima.

 

Almôndega de Berinjela e Courgette com Pasta de Lentilhas - #Vegano, dá para ser #gluten-free e #lowcarb!

 

Almôndega de Berinjela e Courgette com Pasta de Lentilhas - #Vegano, dá para ser #gluten-free e #lowcarb!

Almôndega de Berinjela e Courgette com Pasta de Lentilhas - #Vegano, dá para ser #gluten-free e #lowcarb!

Pasta Cinque Formaggi (Cinco Queijos)

Pasta Cinque Formaggi

Mamma mia!!!! Ai como eu to italiana!

Pra quem não sabe, a comida italiana é a minha favorita de todos os tempos para todo o sempre, só perdendo pro churrasco mal passado. #ografeelings

Quando meu irmão estava aqui, resolvi fazer um jantar na minha casa e coisital, pra ele e pra cunha. SÓ QUE, eu tenho o irmão mais chato do mundo pra comida. Sério, gente, o que eu tenho de draga, ele tem de enjôo. Digamos que eu pago meus pecados com ele e que se ele fosse meu filho ia sair muita briga, vou te contar.

Daí como ele não come legumes, não come qualquer carne, não come chouriço, não come cogumelos, não come peixe e frutos do mar nem sob ameaça de tortura… Camarão só se estiver passando fome! Bacalhau só se for a última coisa na face da terra e salmão jamé, ~ou seje~ fiquei com opções restritas. :/

Dai, como boa filha de mineira, pensei: queijo – quanto mais, melhor! E foi assim que eu fiz pro jantar uma pasta cinque formaggi, ou cinco queijos para os íntimos. Não tem como errar, neam. Não gostar de queijo é quase como ser um extra-terrestre nesse mundão de Meu Deus.

De entrada eu fiz uma Focaccia, que eu já dei a receita aqui, só que ao invés de alecrim eu fiz de tomate cereja e manjericão, que ficou igualmente maaaaaaaraaaaaaaa! Com a única diferença que, ao invés de deixar 25 minutos no forno, eu deixei 20. Por isso ela ficou mais branquinha, olha a maldade:

Focaccia de Tomate com Manjericão

Focaccia de Tomate com Manjericão

Mas vamos ao que interessa que a pasta que é a novidade aqui, neam?

Ingredientes (para 6 pessoas)

  • 400 ml creme de leite fresco (natas para bater em Portugal)
  • 100 ml leite
  • 50 g manteiga
  • 100 g queijo gorgonzola (roquefort em Portugal)
  • 200 g cream cheese
  • 200 g queijo mozzarella
  • 150 g queijo provolone
  • 100 g queijo parmesão ralado na hora
  • pitada de noz moscada
  • pitada de pimenta do reino
  • 600 g pasta bavette (ou o de sua preferência – penne e tagliatelle são ótimas pedidas)
  • sal caso necessário

PRE-PÁRA

  1. Coza a massa conforme as instruções da embalagem em água com sal e óleo. Caso não vá usar a massa instantaneamente, passe por água para interromper o cozimento.
  2. Em uma frigideira, derreta a manteiga com o leite e o creme de leite fresco. Caso use creme de leite normal NÃO DEIXE FERVER, ou ele talhará.
  3. Acrescente os queijos (com exceção do parmesão) e tempere com noz moscada e pimenta. Acerte o sal, caso necessário – o que eu duvido, pois queijo já tem muito sal.
  4. Quando todos os queijos estiverem bem derretidos e incorporados, acrescente a pasta, misture para que o macarrão ganhe o sabor do molho e sirva imediatamente, com queijo parmesão ralado por cima.

CABÔ. Demorei mais pra comer do que pra fazer HEHEHEHE

Pasta Cinque Formaggi

Spaghetti Mediterrâneo

Spaghetti MediterrâneoSegundo post já essa semana?? I’m on fire!!!

Dei ao prato o nome de Spaghetti Mediterrâneo porque tem as melhores coisas que a dieta mediterrânea nos proporciona: peixes, (muito) azeite, legumes, verduras e muito, mas muuuuuuito sabor. Teve até a taça de vinho tinto pra completar.

cheers

#todasbrinda

Não parece, mas em 10 minutos esse prato fica pronto. COMO-NÃO-AMAR?

Bora pra receita.

Ingredientes (para uma pessoa)

  • 100 g spaghetti
  • 1 posta de bacalhau pequena
  • 10 tomates cereja picados ao meio
  • 6 azeitonas pretas picadas ao meio
  • 2 dentes de alho bem picados
  • 1/2 xíc ervilhas (uso as congeladas)
  • 1 xíc folhas de agrião (com talo)
  • 1/2 cebola roxa cortada à julienne
  • azeite, sal e pimenta do reino quanto baste (q.b.)
  • folhas de manjericão roxo

PRE-PARA!

  1. Em uma frigideira bem quente, coloque o bacalhau com a parte da pele virada para baixo e pimenta por cima, com um pouco de água. Abaixe o fogo e tampe, para que o bacalhau coza no vapor por aproximadamente 5 minutos. Retire do fogo e reserve.
  2. Coza o spaghetti conforme as instruções da embalagem.
  3. Refogue alho e cebola em bastante azeite. Acrescente o bacalhau e refogue mais para incorporar os sabores.
  4. Rapidamente, coloque o tomate e refogue até que dê uma leve murchada.
  5. Acrescente as azeitonas e o agrião e acerte o sal.
  6. Misture a pasta e as ervilhas e tempere com pimenta do reino. Desligue o fogo.
  7. Disponha a pasta no prato, coloque por cima as folhas de manjericão e regue com bastaaaaaaaaaante azeite.

Não disse que era rápido?

Spaghetti Mediterrâneo

Spaghetti Mediterrâneo