Quiche com Massa de Grão de Bico, Atum e Cebola Caramelizada

Quiche com Massa de Grão de Bico, Atum e Cebola Caramelizada

Ma oeeeeeeeeeeeeee!!

Hoje é sexta-feira santa, dia de não comer carne pra muita gente. Eu, como tenho evitado mesmo carne, apenas uni o útil ao agradável e resolvi fazer essa receitinha que ainda por cima é todas as hashtags fits do instagram #lowcarb #eatclean #comidadobem e por aí vai…

Não que esse blog agora vá virar um blog de comida FITNESS mas né, se a gente não quiser ter enfarto/avc com 38 anos, é melhor maneirar no churrasco com graxa aka picanha no sal grosso.

Se junk food não fizesse tão mal, eu andaria por aí mais ou menos assim:

Quiche com Massa de Grão de Bico, Atum e Cebola Caramelizada

Mas como a situação não tá fácil pra ninguém e a celulite vai acumulando nos ~glúteos~, o jeito é fazer comida boa e saudável.

Mas enfim, vamos falar da receita que é o que interessa.

Era uma vez uma pessoa que sempre lia blogs de comida (EU). Um belo dia, passeando pelo Pitadinha, essa pessoa viu uma receita de massa para tortas feita com grão de bico.

Quiche com Massa de Grão de Bico, Atum e Cebola Caramelizada

Isso sim é receita das boas!

Daí resolvi testar e de lá para cá ela tem sempre aparecido por aqui. Além de simples, ela fica uma delícia! Logicamente eu dei aquela adaptada basic no modus operandi mas nada que comprometesse o resultado final. Daí hoje precisava sair um almocinho diliça e olha só de quem eu lembrei! Dela mesma! Olhei o que tinha na dispensa e mandei pra dentro. Faz assim ó:

Ingredientes

Para a massa:

  • 3 xíc de grão de bico (eu cozi os meus, mas você pode usar enlatado)
  • 5 col sopa da água do cozimento do grão de bico (ou água normal)

Para o recheio:

  • 1 col sopa azeite
  • 1 col chá de manteiga
  • 2 cebolas roxas cortadas em fatias
  • temperos (usei tomilho-laranja)
  • sal e pimenta do reino a gosto
  • água
  • 2 latas de atum conservado em água
  • 5 ovos
  • 1/2 mozzarella de búfala cortada em cubos

PRE-PARA

  1. Pré-aqueça o forno a 180º.
  2. Em um processador ou liquidificador, bata o grão de bico com água até ficar uma pasta firme.
  3. Unte uma forma de quiche ou torta com azeite, coloque a massa de grão de bico e leve para assar por 15 minutos ou até que ela esteja firme, começando a dourar.
  4. Para a cebola caramelizada, é necessário ter um pouco de paciência. Em uma panela, refogue – em fogo baixo – a cebola em azeite e manteiga. Acrescente uma pitada de pimenta do reino, o tomilho e um pouquinho de sal. Coloque 1/8 de xic de água e espere evaporar. Repita o processo, até que a cebola não tenha mais o “crec-crec”. A ideia é que a cebola fique adocicada, ok? Caso não queira coloque sal a gosto.
  5. Quando a massa estiver assada, recheie com atum, cebola e queijo.
  6. Bata os ovos e coloque por cima do recheio.
  7. Volte para o forno e asse até que esteja dourado (aproximadamente 15 minutos).

Você pode usar outro recheio qualquer, da sua preferência. As possibilidades são infinitas. Aproveite para usar os restinhos que você tem na geladeira. ;)

Quiche com Massa de Grão de Bico, Atum e Cebola Caramelizada

Quiche com Massa de Grão de Bico, Atum e Cebola Caramelizada

 

Refogado de Vagem

Refogado de VagemPalma, palma! Não priemos cânico!

Demorei, mas cheguei. Hoje o dia foi muito, mas muito corrido.

ALGUÉM ANOTOU A PLACA???

Credo, nem vi a hora passando. Até almoçar pizza congelada eu e meu digníssimo almoçamos. Não tá ~FACEO~ pra ninguém. Queria ter postado outra receitinha hoje, mas o dito cujo só ficou pronto agora, hora muito ingrata pra tirar foto.

Sacomé, a luz não favorece. Mas relax que eu compartilho tudo despues. O que tem pra hoje é uma receitinha de acompanhamento supimpa pra você incorporar a vagem na sua dieta! Yes, we can! Vagem não é ruim, isso é intriga da oposição. Refogadinha, ela fica uma delícia e você pode servir com carne, frango ou até sem proteína nenhuma, da maneira linda e vegan de viver. VOCÊ DECIDE.

Não vou enrolar muito que é sexta, dia oficial do happy hour.

Ingredientes

  • 1 xíc de vagem (eu usei a congelada)
  • 1 tomate picado em cubos grandes
  • 1/2 cebola picada à julienne (meia-lua)
  • 1/2 pimentão picado em cubos grandes
  • 1 dente de alho bem picadinho
  • 1/2 cenoura ralada
  • 1 col sopa semente de gergelim (em PT sésamo)
  • salsinha picada
  • 2 col sopa azeite
  • pimenta do reino a gosto (em PT pimenta preta)
  • 1 col sopa shoyo
  • 1 pitada pimenta calabresa (em PT piri-piri)

PRE-PÁRA!

  1. Em uma frigideira, refogue a cebola e o alho no azeite. Acrescente o pimentão e refogue até que ele amoleça.
  2. Acrescente a vagem congelada, que vai soltar um pouco de água. Espere essa água secar e acrescente o tomate e a cenoura.
  3. Tempere com o shoyo, a pimenta do reino e a pimenta calabresa, caso goste de sabor apimentado.
  4. Finalize com (muuuuuuita) salsinha picada e sementes de gergelim.

Ficou ou não ficou lindo? Facim, facim de fazer. :)

Bom final de semana com muita gordisse, genteeeeee!!

Refogado de Vagem

Couscous Marroquino Fake – versão Tupiniquim

Couscous Marroquino Fake - Versão TupiniquimÉ tetraaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!!!!!!!! É teeeeeeeetraaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!!!!!!

Eu dei o nome pra esse couscous fake por um motivo óbvio: verde e amarelo é tupiniquim.

Eu já fiz uma versão de Couscous Marroquino Fake (link), mas hoje vim mostrar que dá pra melhorar o que já era ótemo!

Essa versão leva couve-flor, assim como a versão anterior, mas também leva brócolis!

Eu sou apaixonada por brócolis, mas conheço quem tenha uma reação não muito agradável só de ouvir falar nessa palavra. Algo tipo isso:

Couscous Marroquino Fake - Versão Tupiniquim

Então, essa é uma ótema maneira de disfarçá-lo pras suas crianças, as grandes e as pequenas SE É QUE VOCÊS ME ENTENDEM.

Bora pra receita.

Ingredientes (para 1 pedreiro)

  • 200 g couve-flor
  • 100 g brócolis
  • 1/3 xic vagem (usei a congelada que já vem pré-cozida)
  • 2 col sopa ervilhas (usei congelada)
  • 2 col sopa milho-verde (usei congelado)
  • sal e pimenta do reino a gosto
  • 100 ml caldo de galinha caseiro (receita aqui)
  • 2 col sopa azeite
  • suco de 1/4 de limão (usei o siciliano)

PRE-PÁRA!

  1. Em um processador, coloque a couve-flor e o brócolis para picar bem fino.
  2. Em uma frigideira bem quente, coloque o couve-flor e metade do caldo de galinha. Deixe a água evaporar e acrescente o restante.
  3. Quando a água tiver secado pela metade, acrescente a vagem. Caso esteja usando a versão fresca, cozinhe por 2-3 minutos em água fervente previamente. Acrescente ainda o milho e a ervilha.
  4. Prove e caso necessário acrescente mais sal. Tempere com a pimenta. Desligue o fogo.
  5. Finalize com azeite e limão.

Couscous Marroquino Fake - Versão Tupiniquim

 

Salada de Agrião e Lentilhas

Salada de Agrião e LentilhasUma das inúmeras vantagens do agrião é que ele não tem o gosto amargo da rúcula ou do espinafre, então é mais fácil do povo gostar.

Reza a lenda que ele é fonte de betacaroteno, vitamina C, vitaminas do complexo B, sais minerais e possui propriedades desintoxicantes e antioxidantes. Fora que 100 g da verdura tem reles 17 kcal, uma afronta!

Faz bem para o fígado, é diurética e recomendada para diabéticos. Além disso, o agrião combate o ácido úrico, tuberculose, raquitismo, formação de pedra nos rins e efeitos tóxicos da nicotina. O suco de agrião fervido com leite é expectorante e, se misturado com mel, ajuda a aliviar a bronquite.” Fonte: Revista Globo Rural

Para mais informações nutricionais a respeito do agrião, consulte aqui e aqui.

Eu o uso quase todos os dias, ao invés da alface. Com esse monte de coisa boa, é quase uma obrigação uma saladinha com ele todos os dias.

Quando eu não uso agrião eu costumo usar espinafre, afinal eu aprendi direitinho com o Popeye.

Salada de Agrião e Lentilhas

Mas divago…. Bora pra receita que demora menos do que ler o meu post.

Ingredientes

  • 1 xic de folhas de agrião
  • 3 col sopa lentilhas
  • 3 col sopa azeitonas pretas sem caroço e já picadas (ou as que você tiver em casa)
  • 8 tomates cereja (em Pt tomate cherry) picados ao meio
  • 1/2 cebola roxa pequena picada à julienne (meia-lua)
  • 3 col sopa azeite
  • pitada de sal e pimenta do reino a gosto
  • 1 col sopa vinagre balsâmico

PRE-PÁRA!

  1. Em uma tigela, misture todos os ingredientes, à exceção do azeite, sal, pimenta e vinagre.
  2. Tempere com estes quatro ingredientes no momento em que for servir.

Eu não tenho nem vergonha de postar isso como receita, né? Mas fazer o que, se a simplicidade me conquista?

Salada de Agrião e Lentilhas

Couscous Marroquino Vegetariano

Couscous Marroquino VegetarianoTem dias que não há tempo. Não há ingredientes. Não há criatividade. E há muita, mas muita fome. Para todos os outros dias, existe o Mastercard, mas para esses dias, existe o couscous marroquino! :D

Eu sei que ele é prato corriqueiro por aqui, mas fazer o quê, se ele é tão bom e prático? ME DEIXA, VAI.

Essa versão é vegetariana, porque eu ando na ~vibe~. Tenho evitado comer carne, principalmente a vermelha, e a combinação desse cereal com os legumes/verduras fica um sabor delicado, porém marcante, sacomé?

Couscous Marroquino Vegetariano

Tipo isso

 

Bora pra receita.

Ingredientes (para 2)

  • 1 xic de couscous marroquino
  • 1 folha de louro
  • sal e pimenta do reino a gosto
  • fio de azeite
  • 1 dente de alho bem picado
  • 1/2 cebola pequena picada
  • 1 pimentão (em PT pimento) vermelho (eu usei o italiano)
  • 8 tomates-cereja (em PT tomate-cherry) cortados ao meio
  • 1 xic de folhas e agrião
  • suco de 1/4 de limão (usei o siciliano)

PRE-PÁRA!

  1. Ferva aproximadamente 750 ml de água com o louro, a pimenta e o sal. Quando levantar fervura, desligue o fogo, coloque o couscous e deixe hidratar por cinco minutos.
  2. Em uma frigideira, refogue em um fio de azeite a cebola e o alho. Acrescente o pimentão e deixe amolecer.
  3. Por fim, coloque os tomates, espere dar uma leve murchada e tempere com uma pitada de sal e pimenta.
  4. Acrescente o agrião e o couscous, dê uma refogada para incorporar tudo, por apenas um minuto. Se necessário, coloque uma concha de água (fria mesmo), apenas para que não grude na panela.
  5. Desligue o fogo, finalize com o limão e acerte o sal, caso necessário. Sirva com um fio de azeite.

P.S.: Como eu sou ALOKA da pimenta, coloquei um pouco do meu molho “red devil”, mas isso é goxxxto pessoal, neam?

Couscous Marroquino Vegetariano