Brusqueta (Bruschetta) Clássica e “Tudo depende da consciência das pessoas”

 

Brusqueta Clássica

Itália, TCHIAMU!

Vamos falar de coisa boa? Vamos falar de brusqueta? SE VOCÊ LEU OUTRA COISA, VOCÊ TÁ NO BLOG ERRADO.

Como tradicionalmente já temos feito por aqui, durante a Segunda Sem Carne o post é de receitas veganas ou vegetarianas. E se tem uma receita vegetariana que eu AMO é a brusqueta clássica. A combinação de tomate, azeite, queijo e manjericão é simplesmente genial! Quem resolveu pensar que dava certo…

36545-olha-ta-de-parabens-diapo-1

ô trem bão!!!!

E já que estamos falando da Segunda Sem Carne, como já contei aqui, semana passada eu estive no evento do Dia Mundial da Alimentação organizado pela FAO em parceria com a Calouste Gulbenkian, para discutir o combate ao desperdício. Tive a oportunidade de conversar com o representante da FAO em Portugal, Hélder Muteia, que também já atuou no Brasil por três anos.

Na entrevista, questionei o representante principalmente sobre a questão da pecuária e seus efeitos degradantes ao meio ambiente, aos ecossistemas e até mesmo à saúde (sem falar nos maus-tratos aos animais). O diretor me respondeu que, para atingirmos o equilíbrio do ecossistema, é sim preciso que toda a sociedade consuma de forma mais consciente e altere seus padrões de consumo: “É necessário evitar excessos e revisitar todos os sistemas para sermos mais eficientes e sustentáveis”, comenta. Ainda de acordo com Muteia, esta mudança é sim possível, e como exemplo deu o Reino Unido, que em poucos anos, reduziu drasticamente seu desperdício: “Devemos trabalhar para despertar as consciências. As pessoas estão no comando de tudo, tudo depende da consciência das pessoas.”, pondera.

Realmente, tudo depende da consciência das pessoas. Se eu e você decidirmos que está na hora de mudar o mundo, de mudar as políticas e de mudar a fome, a miséria e o desperdício, ninguém poderá nos impedir. A mudança somos eu e você, colegue!

E para incentivar a diminuição do consumo de carne, vou postar uma receita que NÃO TEM como ser melhor. A clássica brusqueta!

Ingredientes (para 2)

  • 2 pães inteiros ou 4 fatias do pão de sua preferência (eu não lembro o nome do pão que eu usei, sorry :[ )
  • 1 dente de alho descascado
  • 5 tomates picados em cubos
  • 150g mozzarella cortada em cubos ou qualquer outro queijo amanteigado
  • 150 ml azeite extra-virgem DO BOM
  • folhas de manjericão para decorar
  • sal a gosto

PRE-PARA

  1. Em uma tigela, misture o tomate com o queijo. Só tempere com sal na hora em que for montar a brusqueta e servi-la, pois o sal fará com que o tomate solte água.
  2. Grelhe levemente uma das superfícies dos pães, para que eles dêem uma leve tostada mas não cheguem a torrar. Eu fiz na boca do fogão por que não quis esquentar um forno inteiro só para isso.
  3. Esfregue em toda a superfície do pão o dente de alho.
  4. Agora, capriche no azeite. Molhe bem os pães com essa maravilha divina.
  5. Disponha os tomates com queijo já temperados. Capriche na quantidade!
  6. Coloque mais azeite por cima dos tomates para temperá-los.
  7. Coloque folhinhas de manjericão (em duas brusquetas eu fiz um teste e coloquei folhas de orégano frescas, mas não tem nem comparação! Com manjericão fica mil vezes melhor).
  8. Sirva imediatamente.

Brusqueta Clássica

 

Brusqueta Clássica

 

Bruschetta (Brusqueta) time!

BruschettaFui na frutaria comprar frutas (mentiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiira) e me deparei com figos lindos, maravilhosos e super apetitosos. Uma pessoa normal pensaria: ‘hummmmm, doces!’

Mas né, eu não sou uma pessoa normal.

Até porque a bruschetta clássica, com tomate e manjericão, é uma delícia, mas para que fazer o arroz com feijão sempre?

Trouxe meus figos absolutos e necessários pra casa, juntamente com prosciutto AND queijo brie *amor eterno, amor verdadeiro*. Como meu marido não curte minhas combinações mirabolantes, fiz uma que eu SABIA que ele ia gostar.

Deem um desconto, ele é café-com-leite.

Adendo: meu digníssimo diz que brie tem gosto de sabão em pó. QUERO VIVER PARA SEMPRE NUMA MÁQUINA DE LAVAR ROUPA. #ficadica

Não precisa nem dizer que a mistura figo com brie e figo com prosciutto foram as que mais gostei, neam? A mistura ficou uma delícia! O sabor delicado da fruta com o salgado do queijo e do presunto ficaram APENAS phynos! Me senti até mais rycah.

Bruschetta

Bruschetta

A outra bruschetta é uma mistura de tomate cereja com anchovas, alcaparras e azeitona preta. MA-RA!

Ingredientes

  • 250 g de tomates cereja cortados ao meio
  • 50 g anchovas em conserva
  • 1 dente de alho picadinho
  • 3 col sopa alcaparras
  • 2 col sopa azeitonas pretas em rodelas
  • 1 pimenta malagueta picada (eu uso a desidratada)
  • lascas de parmesão
  • pimenta do reino a gosto (não é necessário sal)

PRE-PÁRA!

  1. Em uma frigideira quente, refogue as anchovas com o alho.
  2. Acrescente as alcaparras, as azeitonas, os tomates, a malagueta e a pimenta do reino. Refogue apenas até os tomates murcharem, o que acontece muito rápido.
  3. Sirva no pão e decore com lascas de parmesão.

O PÃO PARA BRUSCHETTA: Esfregue alho no pão (geralmente o italiano, como eu não tinha usei um rústico daqui de Portugal, chamado Mafra) e passe azeite por cima. Leve os pães ao forno quente por cinco minutos, no máximo.

Bruschetta

Bruschetta

Versão café-com-leite.