Ceviche de Camarão

Ceviche de Camarão

hi

Sei que ando sumida, mas mudar e fazer mestrado ao mesmo tempo não é de DELLLLLLLLLSSSSSSSSSSSSSS!!! #HALP @APLUSK

FINALMENTE conseguimos terminar a bendita mudança, o que não significa que não existam caixas espalhadas pela casa inteira. Cada dia eu retiro o que ta dentro de uma pra achar um lugar pro que tá lá dentro.

To quase pra dar uma de Joey e assistir TV em meio ao forte:

Ceviche de Camarão

#quemnunca

Fora isso, a novidade do século foi um supermercado perto da minha casa fazer um festival de produtos italianos, com preços muito em conta. Pensa em uma criança brincando num playground era eu colocando as coisas no carrinho! #ascozinheirapira

Ceviche de Camarão

Comprei queijo pecorino (que é super difícil de encontrar aqui), pizza de pepperoni, trufa recheada com sorvete, sorvete italiano (dos dellllllllllllllllllllllllses!), foccacia de tomate cereja com azeitonas, arroz arbóreo pra risotto ANNNDDD um molho de vinagre balsâmico.

Ceviche de Camarão Ceviche de Camarão

 

 

 

 

 

 

 

ÓIA O BULLYING!

Pra que a gente precisa de dieta quando existe sorvete italiano????

Agora que eu acho que já falei demais, vamos ao objetivo do post, o tal do ceviche.

De origem peruana, esse prato é feito com peixe cru marinado em líquido cítrico. Acontece que, durante o tempo em que ele fica marinando, ele sofre uma espécie de cozimento, o que faz com que você não o coma cru.

Outra dica é que ele pode ser feito com qualquer tipo de peixe/frutos do mar. :)

O ceviche é muuuuito fácil de fazer. Uma entradinha phyyyyyyna pra você que quer arrazar na comida sem precisar ser muito hábil. Eu queria impressionar o boy (aka marido) no valentine’s day aqui e foi essa entrada que eu fiz. Ele simplesmente amou! Aliás, a entrada fez mais sucesso que o prato principal.

Ingredientes (para duas pessoas)

  • 500 g camarão limpo e picado (reservei alguns sem cabeça e casca, só com o rabo, e cozi na água com sal, só pra decorar)
  • suco de 2 limões (lima em PT)
  • suco de 1 limão siciliano (limão normal em PT)
  • raspas de 1/2 limão siciliano
  • suco de 1 laranja bahia (aqui em PT laranja normal)
  • 2 tomates picados em pedaços pequenos
  • 1 col sopa gengibre ralado
  • 1 cebola roxa média picada finamente
  • sal e pimenta do reino a gosto
  • 1 pimenta seca picadinha (ou 1 pitada de pimenta calabresa)
  • salsinha bem picada (usei aproximadamente 3 colheres de sopa, mas é a gosto)
  • 1 col sopa azeite extra-virgem

PRE-PA-RA

  1. Misture tudo com exceção da salsinha e leve à geladeira por no mínimo 2 horas para marinar.
  2. Após esse tempo, retire da geladeira, espere alguns minutos até ficar em temperatura ambiente e finalize com a salsinha.
  3. Cabô.

Ceviche de Camarão

Ceviche de Camarão

Spaghetti Negro com Anéis de Lula e Camarões

DSC_1068

EIKE hoje eu to phyna!

Essa combinação é TIPASSIM, uma Brastemp. O Spaghetti é negro por causa da tinta da própria lula, que eu já comprei pronto.

Não teve mistério: acrescentei argolas de lulas e camarão e pronto! Almocinho supimpa porque nóis merece.

Dificuldade: 3

Tempo de Preparo: 45 minutos

Serve: dois pedreiros

Ingredientes

200 g de camarões inteiros (com casca e cabeça)

200 g de anéis de lula

1/2 pacote de massa de spaghetti tingido com tinta de lula

3 dentes de alho bem picados

200 ml de água

azeite

sal e pimenta do reino a gosto

cebolinha para decorar

Modo de Fazer

Limpe os camarões, retirando casca, cabeça e tripa do dorso. A tripa é retirada fazendo um corte em toda o comprimento do camarão. O fiozinho preto que aparecer é a tripa, só retirar com cuidado.

Refogue casca e cabeça em um fio de azeite. Acrescente sal, pimenta e água. Deixe ferver por cinco minutos. Coe o caldo, que será usado no preparo do prato, e descarte a casca e cabeça.

Leve água para ferver, para cozer o macarrão com sal e um fio de óleo. O macarrão deve ser cozido até o ponto al dente, ou seja, nada de papa de macarrão, ok?

Em um fio de azeite refogue o alho. Acrescente o camarão e os anéis de lula, acerte sal e pimenta e refogue por 30 segundos. Acrescente uma concha do caldo de camarão e deixe o caldo ficar quase seco.

Antes do caldo terminar de secar, acrescente o macarrão, misture tudo na panela e sirva a seguir. Decore com um pouco de cebolinha que fica *fofo*.

DSC_1072

Risoto de Cúrcuma com Camarão

DSC_0003

Se eu fosse morar na ilha de Lost #aloka e só pudesse comer uma comida para o resto da vida, certamente seria Risotto. Arrisco dizer que esta é minha comida preferida DE TODOS OS TEMPOS.

A imensa variedade de combinações possíveis é o que mais amo no Risotto. Dá pra fazer com o que tiver à mão! Eu escolhi esta combinação de cúrcuma com camarão por que acho que ela tem TUDO A VER.

Adoro Risotto de Camarão em casa também por motivos de: não tem miserê de camarão, a cada mordida vem um bichinho desse, delicioso e macio. #gordinhafeelings

E se você acha que Risotto é nível fucking-hard na cozinha, eu vos digo: NÃO É. É questão de treino e de sentir a consistência do arroz, provando.

 

Dificuldade: 3, prestenção que vai dar tudo certo

Tempo de preparo: 30 minutos

Serve: 2 pedreiros

 

Ingredientes

1 litro de caldo de galinha (eu faço meu caldo, mas pode usar os de tablete, se preferir)

1 1/2 xic de arroz arbóreo

1 cebola pequena picada

azeite

1 col de sopa de manteiga + 1 col para finalizar o prato

1 xic de vinho branco

1 col de café de cúrcuma

sal e pimenta do reino a gosto

parmesão ralado na hora, a gosto

300 g de camarão já limpo e descascado, não temperados

 

Modo de Fazer

Coloque o litro de caldo de galinha para ferver. Use-o somente quando estiver fervendo.

Em uma frigideira bem quente, refogue a cebola em uma colher de sopa de manteiga e um fio de azeite. A manteiga fará com que o azeite não queime, já que ambos tem tempo de fervura diferentes. Acrescente o arroz e refogue um pouco.

Coloque o vinho no arroz e espere o álcool evaporar. A partir de então vá colocando uma concha de caldo por vez na frigideira, esperando secar o caldo entre uma concha e outra, até que o arroz esteja completamente cozido.

Na última concha acrescente a cúrcuma, acerte o sal e a pimenta do reino e, obviamente, os camarões. Se colocar os camarões antes, eles ficam borrachudos, pois demoram cerca de quatro minutos para ficarem no ponto.

Desligue o fogo, acrescente uma colher de sopa de manteiga, um punhado de parmesão ralado e misture.

Sirva e acrescente mais parmesão ralado na hora por cima, por que a primeira lei da selva é a de que PARMESÃO NUNCA É DEMAIS.

 

Obs.: Como vocês podem ver, na foto aparecem uns camarões empanados. Eu fiz essa gracinha, pra dar um toque no prato e Ó, deu super certo. Passei alguns camarões em ovo batido, depois na farinha de trigo e empanei em óleo bem quente. Os camarões não estavam temperados, ok? Eu, sinceramente, acho que não precisam.

 

Dica 1: Vale lembrar que o arroz arbóreo é tinhoso. Você prova e ele parece estar cozido, mas bem no meio dele dá pra perceber que não está, ainda. Então, cuidadinho.

Dica 2: não fique mexendo muito o arroz com colher de pau durante o processo, pois isso quebra o amido QUE É O QUE DÁ A LIGA. Mexa apenas a panela e as beiradas com a colher de pau, para que o arroz não grude.

Dica 3: nunca, jamais, deixe o caldo secar completamente. Ele tem que secar bem até você colocar o próximo caldo, mas nada de deixar o arroz grudar na panela. Risotto bom é Risotto molhadinho.

DSC_0005

 

DSC_0004