Bolo Fofinho de Amêndoas Sem Glúten e Sem Lactose

Bolo Fofinho de Amêndoas Sem Glúten e Sem Lactose

Muito antes de surgir a moda fit que diz que glúten e lactose não podem de jeito nenhum, milhares de pessoas com intolerâncias alimentares precisavam ser supridas com receitas que fossem gostosas e lembrassem, de longe, as comidas “normais”.

Se tem uma coisa que a moda fit trouxe de bom foi a proliferação de receitas aperfeiçoadas sem a proteína e o açúcar, que beneficiaram tantas pessoas que realmente precisavam excluir glúten e lactose da alimentação.

Quando eu crio ou testo uma receita assim, tenho como primeiro alvo estas pessoas. Depois, e só depois, eu penso nas pessoas que não ingerem porque não querem. Inclusive esta que vos fala descobriu recentemente ter uma certa intolerância à lactose e como eu não consigo largar o queijo então tudo o que puder tirar o leite já é uma mão na roda.

A maioria dos bolos sem glúten e lactose que eu já comi são muito, mas muito sem graça. São pesados, nada fofinhos, bem blergh mesmo. Quando eu fui para a cozinhar elaborar essa receita, confesso que estava bem incrédula até desenformá-lo. Mas quando eu parti…

https://hatandapron.wordpress.com/2014/06/05/resenha-geleia-st-dalfour/

Momento Como Eu Me Sinto Quando: meu bolo fica melhor do que o esperado

Esse, caros amigues, é daqueles bolinhos fofinhos para tomar com café e ser feliz! É daqueles bolinhos saudáveis que a gente guarda a receita no coração e exclama: MULTIPLICA, SENHOR!!!

E como eu sou uma pessoa de pensamentos gordinhos e sedenta por doce, que que eu fiz? Coloquei geléia do bem sem açúcar por cima e mandei bala! Foi quase metade de uma vez, halp aplusk!!!

Bora pra receita que a gente ganha mais.

Ingredientes

  • 3 ovos
  • ½ xic adoçante culinário (3/4 se você gostar de bolo doce)
  • 6 col sopa manteiga (90 g)
  • 100 ml leite de amêndoas (ou outro leite veg de sua preferência)
  • ½ xic farinha de arroz
  • ½ xic fécula de batata (pode ser amido de milho, a famosa Maizena)
  • ½ xic farinha de amêndoas
  • ½ xic polvilho doce
  • 1 col sopa fermento em pó

PRE-PARA

  1. Pré-aqueça o forno a 180º e unte com manteiga e enfarinhe uma forma de bolo inglês.
  2. Bata os ovos com açúcar e manteiga por 5 minutos ou até obter uma mistura fofa e esbranquiçada, que dobre de tamanho.
  3. Adicione as farinhas, intercalando com o leite vegetal.
  4. Por último, acrescente o fermento com cuidado, apenas para incorporá-lo na massa,
  5. Leve para assar por aproximadamente 25 minutos ou até que passe no teste do palito.

Vale avisar: esse bolo fica bem fofinho no dia, mas com o passar dos dias ele vai ressecando e endurecendo.

Bolo Fofinho de Amêndoas Sem Glúten e Sem Lactose

Projeto Mormon: Ricotta e Cottage Caseiros

Queijo Cottage caseiroCottage caseiro, light e feito em casa, pra gente economizar nos treco natureba que andam o olho da cara, porque não tá fácil pra ninguém.

Cottage é super difícil de encontrar em Portugal, então taí mais uma bela razão para fazer sempre em casa.

A receita da Ricotta eu já conhecia, mas nunca tinha tentado. O que eu não sabia é que dava para transformar ricotta em cottage com um único e simples passo. O princípio é o mesmo, o que muda é a finalização, basicamente.

 

Ingredientes

1 litro de leite desnatado

suco de 1 limão ou 2 col sopa de vinagre branco

pitada de sal (normalmente eu nem coloco)

 

PRE-PÁRA!

Leve o leite ao fogo. Assim que levantar fervura DESLIGA O FOGO OU VAI SER LEITE PRA TUDO QUANTO É LADO.

Coloque o sal e o limão e deixe ficar na temperatura ambiente. Neste momento o leite talhará, ou seja, tem que ficar com essa consistência, formando um soro:

leite talhado

Forre uma peneira com um pano de prato e despeje o conteúdo da panela. Após cinco minutos, a Ricotta está pronta:

Ricotta caseiraCaso queira a Ricotta mais seca, é só espremer o queijinho no próprio pano de prato que o soro escorrerá mais.

Graças à Pitadinha, descobri como transformar a ricotta em cottage. É só pegar o queijo como o da foto e misturar com iogurte desnatado, que já ensinei aqui.

Cottage caseiro

Taa-daaaaaaaaaaaaaannnnn

Daí é só usar a criatividade! Eu fiz um belo sanduíche natureba com pasta de cottage com atum, cenoura ralada e ervas, acompanhada de alface em pão integral.

Sanduíche natural

Adendo: o queijo rende pouco mesmo, sai muito soro quando talha com o limão. Por isso eu costumo fazer receita dobrada. 

 

Strogonoff *Inspired* – versão mais light

Strogonoff inspired

A receita de hoje é *inspired*que nem as bolsas da LUÍS VITÃO da 25 de março. Primeiro porque o verdadeiro Stroganov tem carne flambada com vódega (um shot em homenagi), lombo de vaca, entre otras cositas más.

A verdade é que eu adoro strogonoff. Com batata palha e arroz branco, então ~ÇUÇEÇO NA VIDA~ Eu sei que tem muita gente que acha strogonoff uma comida ordinária, mas eu mostro meu respeito por essa comida de origem russa:

strogonoff inspired

*um shot de vódega em homenági*

 

A questão é que eu nem sempre posso comer a versão tupiniquim, porque é tipassim um litro de creme de leite que vai nessa budega. Daí eu faço meu *inspired*, com alguns ingredientes ALTERNATIVOS. Mas vai por mim, o gosto fica bem bom. Igual obviamente não fica, mas dá para substituir bem.

Bora pra receita!

Ingredientes

400 g de bife de porco (é mais ~láit~)

fio de azeite

1/2 cebola picada

2 dentes de alho

1/2 col sobremesa de páprica

sal e pimenta do reino a gosto

1/2 xíc de champignon (eu não usei porque não tinha em casa)

1 copo de iogurte desnatado (170 ml)

1 col sopa bem cheia de maizena

1 col sopa leite desnatado

1 col sopa mostarda

1 a 2 col sopa de concentrado de tomate

PRE-PARA!

Refogue a cebola e o alho em azeite. Acrescente a carne e deixe dourar.

Tempere com páprica, sal e pimenta, acrescente o champignon caso tenha e deixe os temperos incorporarem.

Dilua a maizena no leite e acrescente na mistura de carne. Coloque a mostarda, o concentrado de tomate e misture bem.

Desligue o fogo e misture o iogurte.

strogonoff inspired

Abobrinha Disfarçada de Macarrão

Abobrinha Disfarçada

 

Daí que você quer uma maneira de disfarçar a abobrinha para que suas crianças (pequenas e grandes) comam vegetais sem reclamar. Cortando e preparando desta maneira, a abobrinha lembra um macarrão e fica com o gosto camuflado pelo molho de tomate.

Tem gosto de macarrão? Não.

Tem textura de macarrão? Não.

Tem as calorias de macarrão? Também não!

Mas abobrinha grelhada todo dia enjoa também, né?

Além do que, o preparo é muito simples. Você só vai necessitar de um cortador de legumes ou de muita habilidade com a faca.

 

Ingredientes

1 abobrinha fatiada finamente

2 dentes de alho

azeite

sal e pimenta do reino

1 tomate picado

1 col sopa de concentrado de tomate

folhas de manjericão

 

Modo de Fazer

Fatie a abobrinha descartando a parte com sementes. Eu não tirei a casca, mas retire se quiser.

Refogue o alho no azeite e acrescente o tomate e o concentrado de tomate.

Quando o tomate murchar, coloque a abobrinha fatiada e deixe refogando por dois minutos. Se o molho estiver muito grosso, acrescente 2 col sopa de água.

Tempere com sal e pimenta do reino e finalize com folhas de manjericão picadas.

 

Abobrinha Disfarçada de Macarrão

 

Abobrinha Disfarçada de Macarrão

Couscous Marroquino Fake – Pegadinha do Malandro!

Ráááá! Pegadinha do Malandro!

Ráááá! Pegadinha do Malandro!

Eu sou uma verdadeira adepta do couscous marroquino. Acho que ele é uma das melhores coisas que já inventaram na cozinha, porque além de delicioso, fica pronto em 10 minutos (alô vida moderna).

Maaaaaaaaaaaassssssssssss, como nem o Jamie Oliver é perfeito, ele tem uma quantidade considerável de carboidrato. E, para quem anda tentando diminuir a quantidade deste MALEDETO, não convém comê-lo muito, todo dia, toda hora. :(

Foi aí que surgiu a ideia do Couscous Pegadinha do Malandro!

pegadinha-do-malandro

Este couscous que está na foto nada mais é do que couve-flor beeeeeeeeeeeem processada. SIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIMMMMMMMMMM!!!!

oh!

E olha, fica mesmo com o gosto que você quiser, é só usar sua criatividade! :) Eu fiz uma versão vegetariana e ficou supimpa!

Dificuldade: 1, até uma criança faz

Tempo de Preparo: 5 min.. ué, já acabou?

Serve: 1 pedreiro

Ingredientes

1 xic de couve-flor picada com processador

1 dente de alho

1/2 cebola pequena picada

fio de azeite

2 col sopa de cenoura picada em cubos

1 col sopa milho verde (eu uso o congelado)

1 col sopa ervilha (eu uso o congelado)

pitada de cúrcuma

sal e pimenta do reino a gosto

salsinha picada para finalizar

água (o necessário)

Modo de Fazer

Refogue a cebola e alho no azeite até ficarem transparentes. Acrescente a couve-flor e refogue bem.

Acrescente a cenoura e jogue UM POUQUINHO de água. Deixe a água evaporar.

Tempere com o sal, pimenta e cúrcuma, acrescente mais água caso seja necessário e espere o líquido secar.

Coloque ervilha, milho e finalize com a salsinha.

DSC_1094