Almôndega de Berinjela com Courgette – Vegana e Sem Glúten

Almôndega de Berinjela com Courgette - Vegana e Sem Glúten

Olá, olá!

Cá estou eu em mais uma segunda, para lhe mostrar que a vida (e o almoço) pode sim acontecer sem carne, pelo menos uma vez na semana.

Carne é bom? É. Mas por mil e uma razões que eu já expliquei aqui, é importante moderar seu consumo, pelo meio-ambiente, pelos animais, por nós e pelas futuras gerações. E venhamos e convenhamos né, nem dói ficar um diazinho.

Hoje eu trouxe essa receita que só não é mais fácil do que mastigar mamão. Nível principiante de dificuldade! Não requer nenhum, absolutamente nenhum talento especial.

Esta receita pode ser feita com os temperos que você tiver em casa. Estes são os que eu usei e que deram um toque indiano pra comida, mas você pode usar os que tiver ou preferir.

Ingredientes

  • azeite a gosto
  • 1 cebola média picada
  • 2 dentes de alho picados
  • 1 berinjela média cortada em cubos
  • 1 courgette média cortada em cubos (ou outra berinjela de tamanho médio)
  • sal e pimenta do reino a gosto
  • paprica picante (opcional)
  • ervas picadas  a gosto (usei salsinha e coentro bem picados)
  • 1 col chá garam masala (opcional)
  • ½ xic de vinho branco
  • ½ xic polvilho doce
  • ½ xic farinha de arroz
  • 1 a 2 xic farinha de linhaça

PRE-PARA

  1. Pré-aqueça o forno a 200º.
  2. Em uma panela, aqueça o azeite e doure a cebola. Quando a cebola estiver no ponto, acrescente o alho e refogue por 1 minuto.
  3. Acrescente a berinjela, a courgette e os temperos. Refogue até que esteja tudo começando a murchar.
  4. Quando os vegetais tiverem diminuído de tamanho, adicione metade do vinho e deixe reduzir. Refogue por mais alguns minutos e acrescente o restante do vinho.
  5. Quando a berinjela e a courgette já estiverem completamente cozidas (a ponto de se desfazerem), adicione o polvilho e a farinha de arroz. Acerte o sal e cozinhe por mais 2 minutos, mexendo sempre. Desligue o fogo.
  6. Disponha a farinha de linhaça em um prato. Faça bolas na massa com as mãos e coloque no prato, para envolver na farinha de linhaça. Após fazer todas as almôndegas, leve para assar por 15 minutos ou até dourar.
Anúncios

Baguete Francesa

Baguete Francesa

 

Baguete Francesa

 

 

Quem não gosta de pão que atire a primeira pedra!

Ainda mais quando ele é delicioso, fofinho, feito em casa e ~comido~ ainda quentinho.

Muitas pessoas tem medo de fazer pão porque acham que é a coisa mais difícil do mundo. E se eu te falar que esse aqui nem de sova precisa? ALELUIAS DEUS É MAIS O DIABO É MENAS!!!!!

E para completar a lindeza dessa baguette, sabia que a receita original é vegana? #Comonãoamar?

O recheio fica por conta da sua imaginação, mas só te digo uma coisa: o céu é o limite.

Ingredientes (para 2 baguettes grandes ou 4 pequenas)

  • 1/4 col chá de fermento seco
  • 1 ½ xic água temperatura ambiente
  • 1 ½ col chá sal
  • 500 g farinha de trigo tipo 65
  • sementes de sésamo (opcional)

PRE-PARA

  1. Em vasilha de vidro, misture o fermento com a água até dissolver.
  2. Acrescente a farinha e o sal e misture com uma colher de pau até obter uma massa homogênea mas ainda pegajosa.
  3. Deixe descansar em local fresco, seco e escuro (deixei dentro do forno desligado) por 12 a 14 horas.
  4. Após o descanso não trabalhe mais a massa. Coloque-a em superfície levemente enfarinhada e faça um retângulo com a massa sem esticá-la, apenas pressionando para atingir o formato.
  5. Divida a massa em 2 ou 4 partes iguais.
  6. Estique cada porção para que atinja o tamanho desejado. Como eu parti a massa em duas, estiquei cada parte até que atingisse o tamanho da forma de assar.
  7. Após esticar até o tamanho desejado e com a massa na horizontal, dobre a parte de cima até o centro e com a parte da mão próxima do punho aperte para que a borda da massa grude no centro. Repita o processo com a parte de baixo da massa. Isto fará com que a massa fique em formato cilíndrico mas sem ar dentro.
  8. Se quiser colocar sementes de sésamo, molhe a superfície do pão com um pouco de água, somente o suficiente para umedecê-la, e espalhe as sementes. Eu acho mais prático colocar as sementes em um prato e passar a massa pelo prato, mas faça como achar melhor.
  9. Deixe descansando por mais 1 hora a 1h30 dentro do forno.
  10. Retire o pão do forno e aqueça-o na temperatura mais alta (no meu foi a 250º) por 15 minutos, até que esteja bem quente.
  11. Faça cortes na superfície da massa, pra ficar bonitinho.
  12. Borrife água por cima dos pães antes de levá-lo ao forno. Quando colocá-lo no forno, borrife água dentro do forno também. Isto fará com que a casca do pão fique durinha.
  13. Após 8 minutos de forno, abra a porta e borrife mais água dentro do forno.
  14. Deixe mais 8 minutos assando ou até que esteja dourado (total de 15 minutos assando).
  15. Espere esfriar para comer ou ele irá esfarelar.

Baguete Francesa

Patê Vegano de Castanha-de-Caju com Castanha-do-Pará

Patê Vegano de Castanha-de-Caju com Castanha-do-Pará

olaR

Como.vocês.estão?

Fazia tempos que eu não postava uma receitinha vegana por aqui, neam? A #SegundaSemCarne andava mais pra lá do que pra cá, mas hoje ela está de volta!

Essa receita é um patê que adoro e sempre aparece por aqui, principalmente no pequeno-almoço, mas tenho que confessar que eu não inventei a roda. A receita original é essa aqui da Sandra Guimarães, do Papa Capim, um site delicioso recheado de comidinhas veganas e boas histórias. Se não conhece, vale a pena conferir!

Como sempre, eu fiz muitas adaptações da receita original. Na verdade, eu peguei o princípio da receita, adaptei e diminui as quantidades (a receita original faz uma quantidade enorme e como seria para uma só pessoa seria muito patê e iria estragar) dei uma simplificada e transformei nessa aqui que vos apresento hoje. Trabalho? Quase nenhum. Sucesso? Garantido!!

Ingredientes

  • 1 xic de castanhas-de-caju não torradas e sem sal
  • 10 unid de castanha-do-Pará (já substituí por amêndoas e deu certo)
  • 2 col chá de pasta de missô
  • água a gosto
  • suco de 1 limão pequeno (ou a gosto do freguês)
  • sal a gosto

PRE-PARA

  1. Deixe as castanhas de molho por pelo menos 12 horas em água suficiente para cobrir.
  2. Descarte a água do molho e leve as castanhas ao liquidificador juntamente com o missô até que vire uma mistura homogênea. Acrescente colheradas de água aos poucos para fazer o patê, mas vá com calma para não acrescentar demais.
  3. Quando estiver tudo bem batido (você provavelmente vai precisar parar o liquidificador para mexer com a colher durante o processo) coloque a massa em recipiente de vidro e leve a um local escuro (dentro do forno ou microondas, por exemplo) para fermentar por 24 horas.
  4. Após este tempo, acrescente sal e limão a gosto, misturando mais. Para misturar bem, usei liquificador de mão ou, como chamamos em Portugal, varinha-mágica.
  5. Só devorar. De acordo com a Sandra, o queijo se conserva por uma semana na geladeira.

O patê tem gosto de queijo? Para mim não, para a minha mãe sim. Depende muito do paladar. Mas ainda que não se pareça com queijo, o gosto é uma delícia. :)

Patê Vegano de Castanha-de-Caju com Castanha-do-Pará

Falafel

Falafel

Hoje é segunda, dia da minha, da sua, da nossa SEGUNDA SEM CARNE!!

Falafel

Dancinha da alegria

A #SegundaSemCarne é uma oportunidade para pessoas não vegetarianas como nós de experimentarmos passar um dia sem carne. Pra você que acha que um dia não faz diferença, olha só:

Falafel

Fonte: Facebook Segunda Sem Carne

Imagina o impacto mundial se todo mundo passar ao menos um dia sem carne? Não custa nada pra você e muito pro planeta.

A receita de hoje é um clássico da comida árabe: Falafel. Para quem não sabe, a receita original deste bolinho é vegana. Nem parece, né?

Ela é muito campeã aqui em casa. Toda vez que eu faço, tenho que separar a minha parte porque o marido come ENLOUQUECIDAMENTE. #orgulhinho

Ingredientes (para duas pessoas)

  • 2 xic grão de bico
  • 1 cebola picada
  • 3 dentes de alho picados
  • ½ xic salsinha ou coentros
  • sal e pimenta preta a gosto
  • 1 col chá sementes de cominho trituradas (ou cominho em pó)
  • 1 col chá sementes de coentro trituradas
  • pitada pimenta cayena
  • suco de ½ limão
  • 3 col sopa azeite
  • 3 ou mais col sopa farinha de amêndoas, ou farinha de rosca (pão ralado) ou farinha de trigo
  • óleo para fritar (opcional)

PRE-PARA

  1. Deixe o grão de bico imerso em água suficiente para cobri-lo por no mínimo 8 horas. Descarte a água e triture o grão em processador (o grão deve ficar totalmente triturado, sem pedaços. Este processo pode demorar e se seu processador não for bom como o meu, faça aos poucos).
  2. Acrescente os demais ingredientes, com exceção da farinha que estiver usando.
  3. Acrescente farinha aos poucos, até que dê liga para moldar, isto é, até que você consiga fazer uma bola com as mãos. Cuidado para não acrescentar farinha demais e a massa ficar muito seca, acrescente apenas o suficiente.
  4. Leve a massa à geladeira por aproximadamente 1 hora, para firmar.
  5. Frite em óleo bem quente ou, como eu fiz, leve para assar em forno pré-aquecido a 220º, até que os bolinhos estejam dourados.

Sugestões de acompanhamento: molho de iogurte e hortelã, baba ganoush, hummus.

Vai dizer que tem desculpa pra não fazer falafel?? NENHUMA!!

Antepasto de Berinjela

Antepasto de Berinjela

Que berinjela é vida, todo mundo sabe. E se você não sabe, pode tratar de saber. Uma das verdura (?) mais versáteis que existe, além de muito nutritiva ela é pau pra toda obra.

A beri sempre dá o ar da sua graça por aqui, tamanho o amor que temos por ela aqui em casa. Ela é uma fofa! E como apesar de escrava da dissertação eu não largo da sexta-feira do happy hour, aí vai uma receitinha que combina maravilhosamente bem com aquela cerva bem gelada, que aqui a gente não brinca em serviço não!

Sexta-feira é sagrada, na minha religião. Não, pera…

Ingredientes

  • 1 berinjela grande ou duas pequenas
  • 1 cebola grande (tanto faz se for a roxa ou a normal)
  • 250 g tomate-cereja
  • 5 dentes de alho cortados em fatias finas
  • ½ a ¾ de xic de azeite (depende do quanto você gostar de azeite em antepastos, eu usei ¾)
  • 2 col sopa vinagre branco (usei de arroz)
  • 2 col sopa vinagre balsâmico
  • ½ col sopa orégano seco
  • 1 col chá tomilho seco (ou outra erva de sua preferência, como alecrim, tomilho
  • 1 col chá sal
  • 1 ½ col sopa açúcar (para uma versão mais light – ou menos gorda – eu usei a mesma quantidade de adoçante culinário e deu super certo)

PRE-PARA

  1. Pré-aqueça o forno a 180º.
  2. Em uma assadeira, coloque metade do azeite. Coloque alho, tomate cortado ao meio e berinjela e cebola cortados em cubos. Tempere com os vinagres, as ervas secas, sal e açúcar.
  3. Leve para assar por aproximadamente 30 minutos, abra o forno, mexa, prove o tempero e acerte o sal caso necessário e volte a assar por mais 30 minutos.
  4. Coloque em uma torrada e seja MUITO feliz.

Antepasto de Berinjela