Tikka Masala de Carneiro (Borrego)

 

Tikka Masala de Carneiro (Borrego)Ai gente, num sei vocês, mas eu ATORON o Natal! Época de comer peru, bacalhau, farofa, arroz com passas, além de beber vinho e celebrar com a família! Época de ouvir Jingle Bells durante todo o fucking mês de dezembro, assistir Esqueceram de Mim e montar árvore com pisca-pisca eterno pra aumentar a conta de luz!

Natal é amor!

Infelizmente to notando muita gente estressada esses dias pelas redes sociais. Slow down e aproveitem os dias festivos, galera! :)

Tikka Masala de Carneiro (Borrego)Começando a semana com uma receitinha indiana pra ~apimentar~ a relação.

ba dum tss

Eu consegui uma folguinha nesse fim de semana pra fazer um carinho nas minhas panelas e cá estou eu, postando uma receita indiana, por quê não?

Eu AMO comida indiana e, sempre que posso, faço uns experimentos na cozinha. Acontece que a primeira vez que eu fiz Tikka Masala eu esqueci COMPLETAMENTE que não devia fazer com carne de vaca, e só lembrei disso quando a comida tava quase pronta. #FAILTOTAL

Por respeito aos indianos e à comida indiana, não postei, apesar de ter ficado bem bom. Mas como os anjos sempre fazem complô pra nos ver engordar, fui ao supermercado e encontrei borrego (o famoso carneiro/ lamb) em promoção e falei: É HOJE, PAPAI!

Trouxe meu borrego pra casa, alegre e saltitante, e eis a receita que posto hoje.

Eu sei, eu sei, eu devia postar receita com bacalhau já que hoje é praticamente véspera de natal, mas o que eu posso fazer se é mais forte do que eu????

Vou tentar fazer um ~apanhadão~ amanhã pra inspirar vocês. :)

Vale ressaltar que a receita foi feita com base no que eu já vi e comi de receitas indianas. Não segui nenhuma receita específica, por isso, ela pode não ser a tradicional, ok?

Agora vamos pro que interessa que o resto não tem pressa yeah yeah!

Ingredientes (para três pedreiros)

  • 500 g borrego cortados em cubos grandes
  • 5 col sopa óleo
  • 2 dentes de alho picados
  • 1 cebola grande picada
  • 2 folhas de louro
  • 1 col sopa cheia de gengibre ralado
  • 1 chilli picado (se não aguentar muita pimenta, retire as sementes – se não aguentar nada de pimenta, não coloque)
  • 1 lata grande (800g ) de tomates pelados
  • 1 lata (400 ml) leite de coco
  • suco de 1/2 limão (lima em Pt)
  • coentros picados para finalizar
  • 1 lt água

Para a pasta de especiarias:

  • 1/2 col sopa de cúrcuma (açafrão da terra)
  • 1/4 de col chá de pimenta cayenna (eu coloquei pouco porque meu marido não aguenta muito, mas se você aguentar mais, manda ver!)
  • 4 col sopa de páprica
  • 2 col chá garam masala
  • sal e pimenta do reino a gosto
  • 1 col chá de sementes de cominho trituradas
  • 1 col chá de sementes de coentro trituradas
  • 5 col sopa água quente

PRE-PARA!

  1. Em primeiro lugar, misture todas as especiarias em uma tigela (de preferência um pilão ou almofariz) com a água, formando uma pasta.
  2. Em uma panela, refogue em óleo a cebola e o alho. Acrescente a carne e sele-a por uns 3-4 minutos.
  3. Acrescente as folhas de louro, o gengibre e o chilli e refogue por mais 2-3 minutos, aproximadamente. Acrescente a pasta de especiarias e refogue por 5 minutos, até que tudo esteja bem temperado.
  4. Misture os tomates pelados à carne e refogue mais um pouco.
  5. Acrescente a água e deixe ferver em fogo médio por cerca de 55 minutos. Cuidado para a água não secar toda e o fundo queimar. Caso a água seque muito, acrescente mais.
  6. Após este tempo, acrescente o leite de coco e o limão e espere ferver. Deixe o caldo ferver por mais cinco minutos.
  7. Finalize com coentros picados e sirva acompanhado de arroz basmati.

Tikka Masala de Carneiro (Borrego)

 

Tikka Masala de Carneiro (Borrego)

Anúncios

Sinal de Fumaça

Oiemmmmmmmmmmmmm!

#chatiada que isso aqui anda às moscas. :~~~~~~~~~~~~~~ Não tenho nem cozinhado o suficiente pra poder colocar novidades por aqui.

A única coisa de ~emocionante~ que eu fiz por esses dias foi um Naked Cake BAPHO pro meu aniversário. Sério, deu tanto orgulhinho, todo mundo comeu com tanto gosto, que eu fiquei com dó até de cortar HAHAHAHAHAHAHAHA

Naked Cake

Eukifiz

Essa maldade toda era de puro chocolate, com recheio de doce de leite (eu coloquei tanto que quando coloquei o segundo bolo foi doce de leite pra tudo quanto era lado, algo que TODOS odiaram #SQN) e cobertura de ganache de chocolate com frutas vermelhas.

E como não anda fácil pra NOBODY:

Aniversário

2.7

É meus amigues, a idade chega pra todo mundo….

Mas agora eu já me recuperei do baque de estar chegando nos trinta com uma novidade bem supimpa que eu já posso falar.

Lembram da receita de Spaghetti de Courgette com Bolognese de Salsicha Artesanal? Pois é, ela foi uma das selecionadas na promoção ‘Chefs Lá de Casa’, organizado por uma cadeia de supermercados daqui, o Continente.

YEEEEEEEEEEEEEEEYYYYYYYYYYYYYYYYYYYYYYYYYYYYYYYYYYYYY

Euzinha da silva ainda ganhei 50 euros pra torrar no supermercado OH GLÓRIA!!!

Pra além disso, fui convidada a apresentar a receita para um júri. Caso minha receita fosse uma das dez melhores, eu passaria para a próxima fase. Infelizmente ela não foi uma das escolhidas, mas isso não tira nem um pouco a minha felicidade por ter participado da promoção.

Yes, we can! :D

Crédito da Imagem: Fotografia Cátia Barbosa/EG.

 

Crédito da Imagem: Fotografia Cátia Barbosa/EG.

 

BUH!!!!!

BUH!!!!!

Crédito das Imagens: Fotografia Cátia Barbosa/EG.

Tapioca – a salvação para Imigrantes

Tapioca - a salvação para Imigrantes

Tapioca - a salvação para Imigrantes

Maria tá peneirandoooo, goma e massa de mandiocaaaa, quem se casa com Mariaaaaaaaaaaa, vai comer todos os dias TA-TA-TAPIOCAAAAA! TA-TA-TAPIOCAAAA! TA-TA-TAPIOCAAAAA, TA-TA-TAPIOCAAA!

Se você não conhece esta PÉROLA da música brasileira, hoje eu vou mudar a sua vida:

De nada.

Essa receita de tapioca é MARA por ser a salvação pros brasileiros espalhados pelo mundo que MORREM por uma tapioquinha. Isto porque dá pra fazer a goma! Simmmmmmmmmmmm!!! A goma!!!!

#todospira

E o melhor de tudo: é muito fácil. E de quebra eu ainda mostro como fazer a VERDADEIRA tapioca, pois sorry galera do Sudeste/Sul, a tapioca de vocês não é boa. Norte/Nordeste comanda na tapioca, maninho!!

Como eu to postando uma vez na vida e outra na morte ultimamente, vou ser bem rápida que é pra não matar de ninguém de curiosidade.

Bora pra receita.

Ingredientes

  • 500 g de polvilho AZEDO (com o doce não dá certo, experiência própria!)
  • água (o necessário)
  • recheio da preferência: manteiga, queijo, presunto, ovo, banana, coco, carne seca….

PRE-PARA!

  1. Em uma vasilha, coloque o polvilho e cubra com água. O polvilho deve hidratar totalmente imerso por, no mínimo, 8 horas.Tapioca - a salvação para Imigrantes
  2. Após este tempo, forre uma peneira com pano de prato e despeje o polvilho. Deixe a água escorrer. O polvilho deve virar um bloco completamente seco. Isto pode demorar 30 min (em climas muito secos) até 24 horas. O mais importante é que o polvilho deve ficar completamente seco! Tapioca - a salvação para Imigrantes
  3. Passe o polvilho seco através da peneira, como se estivesse ralando. A farinha (goma) que sobrar, é a tapioca!! Tem gente que acrescenta sal na farinha/goma, mas eu particularmente não ponho nada.

Gente, fica IGUALZINHA a tapioca normal. Dá nem mais pra sentir saudade da tapioca da terrinha!

E pra fazer a tapioca o esquema é o seguinte:

  1. Em uma frigideira bem quente, polvilhe a farinha com uma peneira por toda a superfície da panela, uniformemente.
  2. Espere 1-2 minutos, até que a ponta comece a levantar. Tapioca - a salvação para Imigrantes
  3. Retire do fogo, coloque o recheio que quiser e enrole. Tapioca - a salvação para Imigrantes

CABÔ. Mais fácil que mamar na vaca. Só o tempo de passar um café e mandar ver numas cinco dessas!!!

Tapioca - a salvação para Imigrantes

Update: Guarde a farinha/goma restante em um pote hermeticamente fechado na geladeira, para não estragar.”