Cookies com Gotas de Chocolate

Cookies com Gotas de Chocolate

Cookies com Gotas de Chocolate

Começar a segunda com o melhor cookie EVA, o puro e simples cookie cheinho de açúcar, é uma das maravilhas dessa vida.

Nem a Giovana segura esse forninho.

Esta é a melhor receita de cookie que eu já fiz até hoje, na minha humilde opinião. Sim, porque eu adoro os cookies cheios de firulas, com manteiga de amendoim ou nutella, mas o bom e velho e simples cookie com gotas de chocolate tem o lugar dele no trono de ferro do meu coração.

Cookies com Gotas de ChocolateE a receita não poderia ser mais mamão com açúcar.

Ingredientes (rende 14 cookies)

  • 125 g de manteiga
  • 250 g açúcar mascavo
  • 1 col chá extrato de baunilha
  • 1 ovo
  • 225 g de farinha de trigo tipo 55
  • 1 col chá fermento químico (para bolo)
  • 1 pitada de sal (se a manteiga tiver sal, dispense a pitada)
  • 100 g gotas de chocolate 70%.

PRE-PARA

  1. Misture a manteiga com o açúcar até obter um creme pálido. Adicione o extrato de baunilha e o ovo e bata mais.
  2. Agora com uma espátula, adicione a farinha e logo em seguida o fermento (e a pitada de sal, caso necessário). Por último, acrescente as gotas de chocolate.
  3. Leve à geladeira por 20 a 30 minutos.
  4. Pré-aqueça o forno a 180º. Divida a massa em 14 partes iguais.
  5. Em uma assadeira com papel manteiga ou silpat (eu uso silpat porque é reutilizável) coloque as bolas de massa (eu uso colher de sorvete para isso, facilita o trabalho) deixando um bom espaço entre elas, pois a massa vai “derreter” e ficar no formato.
  6. Leve para assar por 13 a 15 minutos (ou até dourar). Retire do forno e espere esfriar completamente para que eles endureçam.

e por fim as gotas de chocolate

e por fim as gotas de chocolate

Anúncios

Bolo de Bolo com Glacê de Limão Siciliano

Bolo de Bolo com Glacê de Limão Siciliano

Bolo Cítrico com Calda de Maracujá é muito bom, Bolo Gelado de Coco também, Bolo de Cenoura é divino, e de Chocolate então, nem se fala! Mas a gente não pode negar que bolo sem nenhuma firula também tem o seu lugar no céu.

Dei o nome da receita de bolo de bolo porque meu marido chegou na cozinha e perguntou:

– É bolo de quê?

– É… sei lá, bolo de bolo!

Pronto, assim nascia o bolo de bolo, que não leva nenhum ingrediente especial mas que faz companhia pr’aquele cafezinho ou chá da tarde como poucos!

Essa receita é a base para qualquer bolo que você quiser, mas ao acrescentar ingredientes (tais como chocolate) as quantidades dos demais ingredientes devem ser alteradas.

Finalizei com um glacê de limão siciliano – que como fica transparente nem aparece direito na foto. Fiz meia receita, porque não queria que ele superasse o gosto do bolo, apenas acrescentasse um leve toque. Foi o que aconteceu. :)

Ingredientes

Para a massa

  • 3 ovos (claras e gemas separadas)
  • 1 ½ xic de açúcar
  • 100 g manteiga amolecida
  • 1 xic leite
  • 1 col sobremesa extrato de baunilha (opcional)
  • 3 xic farinha de trigo tipo 55 peneirada
  • 1 col sopa de fermento químico em pó

Para o glacê

  • 4 col sopa açúcar de confeiteiro
  • 2 col sopa de suco de limão (usei siciliano mas pode usar o tahiti, ou lima em Portugal)

PRE-PARA

  1. Unte e enfarinhe uma forma (redonda com furo no meio ou para bolo inglês, tanto faz) e pré-aqueça o forno a 180º.
  2. Bata os ovos com o açúcar até obter creme fofo e esbranquiçado.
  3. Adicione a manteiga e bata mais.
  4. Misture o extrato com o leite, caso esteja usando, e incorpore o líquido à massa, aos poucos, sem deixar de bater.
  5. Adicione a farinha de trigo aos poucos, ainda batendo.
  6. Bata as claras em neve. Acrescente 1/3 à massa e, assim que estiver bem misturado, adicione o restante, tomando cuidado para não perder o aerado.
  7. Por fim, acrescente o fermento e leve para assar por 30 minutos ou até que passe no teste do palito.
  8. Para o glacê, leve o açúcar e o limão ao fogo em banho-maria até que o açúcar esteja bem derretido. Espere que arrefeça durante cinco minutos e jogue por cima do bolo.

Pão de Cachorro-Quente

 

 

Acompanhe o vídeozinho, feito com muito amor e carinho e pouca luz pra vocês:

Pão de Cachorro-Quente

Deus é mááááááááááissssssssssssss!!!

Acredite se quiser: é possível fazer um pão pro seu cachorro-quente infinitamente melhor do que o pão do supermercado. Se você já achava que o pão comprado era gostoso, COLEGUE, isso é porque você nunca fez esse pão em casa.

Ele quentinho, acabando de sair do forno, chega a ser um atentado ao pudor #meprendam

Ele fica muito fofinho, bonito, douradinho e saboroso. Tão bom que eu quase não comi porque o marido devorou. O que a gente não faz por amor, neam?

E, como eu sou uma pessoa muito bacana, tentei fazer  fiz um vídeo pra mostrar o passo-a-passo do pão. Ficou muito, muito amador e gostaria que vocês relevassem porque sabe como é, né, a gente aqui lava, passa, encera e pendura a roupa no varal.

Prometo tentar melhorar os vídeos daqui pra frente, incluindo aprender a usar a filmadora, que é nova e foi usada pela primeira vez pra filmar a receita.

Bora pro seu mais novo vício.

Ingredientes

Para a esponja

  • 250 ml de leite morno tolerável ao toque
  • 50 g açúcar
  • 2 col chá de fermento biológico seco

Para o pão

  • 500 g farinha de trigo 65 (para pão)
  • 1 ovo + 1 gema
  • 25 g manteiga derretida
  • 1 col chá sal

Para pincelar:

  • 1 clara + 4 col sopa de água

PRE-PARA

  1. Faça a esponja misturando todos os ingredientes e deixando descansar em local escuro (tipo dentro do forno) por 10 minutos.

    Importante: o leite deve estar morno, mas não muito quente para não matar o fermento. Se você mergulhar o dedo e conseguir aguentar 10 segundos com alguma resistência, a temperatura está boa.

  2. Coloque a farinha em uma vasilha e misture o sal. A seguir acrescente os demais ingredientes, incluindo a esponja, e misture até que forme uma massa que desgrude da vasilha.
  3. Transfira a massa pegajosa para uma superfície enfarinhada (resista à tentação de colocar mais farinha, faça somente se for necessário) e sove a massa por 10 minutos. Ao fim deste tempo a massa deve estar lisa e fofa. (Se apertar o dedo e a massa voltar para a posição inicial está bom)
  4. Unte uma vasilha com óleo ou azeite, coloque a massa e óleo na superfície da massa. Leve para descansar em local escuro (dentro do forno) por 1 hora ou até que dobre de tamanho.
  5. Retire do forno e dê socos para retirar o ar. Divida em 8 pedaços iguais (para pães grandes) ou 16 pequenos (para dividir em tamanhos iguais eu usei uma balança).
  6. Abra cada massa em forma de retângulo. Dobre como se fosse um envelope, trazendo uma metade para o meio e depois a outra metade para o meio. Dobre as pontas para baixo.
  7. Após moldar todas as massas, leve novamente ao forno para crescer por 1 hora.
  8. Misture a clara com a água. Retire os pães do forno e pincele a mistura de claras por cima.
  9. Pré-aqueça o forno a 190º por 15 minutos. Leve os pães para assar por 10 a 15 minutos ou até que estejam dourados.

Pão de Cachorro-Quente

Pão de Cachorro-Quente

Almôndega de Berinjela com Courgette – Vegana e Sem Glúten

Almôndega de Berinjela com Courgette - Vegana e Sem Glúten

Olá, olá!

Cá estou eu em mais uma segunda, para lhe mostrar que a vida (e o almoço) pode sim acontecer sem carne, pelo menos uma vez na semana.

Carne é bom? É. Mas por mil e uma razões que eu já expliquei aqui, é importante moderar seu consumo, pelo meio-ambiente, pelos animais, por nós e pelas futuras gerações. E venhamos e convenhamos né, nem dói ficar um diazinho.

Hoje eu trouxe essa receita que só não é mais fácil do que mastigar mamão. Nível principiante de dificuldade! Não requer nenhum, absolutamente nenhum talento especial.

Esta receita pode ser feita com os temperos que você tiver em casa. Estes são os que eu usei e que deram um toque indiano pra comida, mas você pode usar os que tiver ou preferir.

Ingredientes

  • azeite a gosto
  • 1 cebola média picada
  • 2 dentes de alho picados
  • 1 berinjela média cortada em cubos
  • 1 courgette média cortada em cubos (ou outra berinjela de tamanho médio)
  • sal e pimenta do reino a gosto
  • paprica picante (opcional)
  • ervas picadas  a gosto (usei salsinha e coentro bem picados)
  • 1 col chá garam masala (opcional)
  • ½ xic de vinho branco
  • ½ xic polvilho doce
  • ½ xic farinha de arroz
  • 1 a 2 xic farinha de linhaça

PRE-PARA

  1. Pré-aqueça o forno a 200º.
  2. Em uma panela, aqueça o azeite e doure a cebola. Quando a cebola estiver no ponto, acrescente o alho e refogue por 1 minuto.
  3. Acrescente a berinjela, a courgette e os temperos. Refogue até que esteja tudo começando a murchar.
  4. Quando os vegetais tiverem diminuído de tamanho, adicione metade do vinho e deixe reduzir. Refogue por mais alguns minutos e acrescente o restante do vinho.
  5. Quando a berinjela e a courgette já estiverem completamente cozidas (a ponto de se desfazerem), adicione o polvilho e a farinha de arroz. Acerte o sal e cozinhe por mais 2 minutos, mexendo sempre. Desligue o fogo.
  6. Disponha a farinha de linhaça em um prato. Faça bolas na massa com as mãos e coloque no prato, para envolver na farinha de linhaça. Após fazer todas as almôndegas, leve para assar por 15 minutos ou até dourar.

Bolo Fofinho de Amêndoas Sem Glúten e Sem Lactose

Bolo Fofinho de Amêndoas Sem Glúten e Sem Lactose

Muito antes de surgir a moda fit que diz que glúten e lactose não podem de jeito nenhum, milhares de pessoas com intolerâncias alimentares precisavam ser supridas com receitas que fossem gostosas e lembrassem, de longe, as comidas “normais”.

Se tem uma coisa que a moda fit trouxe de bom foi a proliferação de receitas aperfeiçoadas sem a proteína e o açúcar, que beneficiaram tantas pessoas que realmente precisavam excluir glúten e lactose da alimentação.

Quando eu crio ou testo uma receita assim, tenho como primeiro alvo estas pessoas. Depois, e só depois, eu penso nas pessoas que não ingerem porque não querem. Inclusive esta que vos fala descobriu recentemente ter uma certa intolerância à lactose e como eu não consigo largar o queijo então tudo o que puder tirar o leite já é uma mão na roda.

A maioria dos bolos sem glúten e lactose que eu já comi são muito, mas muito sem graça. São pesados, nada fofinhos, bem blergh mesmo. Quando eu fui para a cozinhar elaborar essa receita, confesso que estava bem incrédula até desenformá-lo. Mas quando eu parti…

https://hatandapron.wordpress.com/2014/06/05/resenha-geleia-st-dalfour/

Momento Como Eu Me Sinto Quando: meu bolo fica melhor do que o esperado

Esse, caros amigues, é daqueles bolinhos fofinhos para tomar com café e ser feliz! É daqueles bolinhos saudáveis que a gente guarda a receita no coração e exclama: MULTIPLICA, SENHOR!!!

E como eu sou uma pessoa de pensamentos gordinhos e sedenta por doce, que que eu fiz? Coloquei geléia do bem sem açúcar por cima e mandei bala! Foi quase metade de uma vez, halp aplusk!!!

Bora pra receita que a gente ganha mais.

Ingredientes

  • 3 ovos
  • ½ xic adoçante culinário (3/4 se você gostar de bolo doce)
  • 6 col sopa manteiga (90 g)
  • 100 ml leite de amêndoas (ou outro leite veg de sua preferência)
  • ½ xic farinha de arroz
  • ½ xic fécula de batata (pode ser amido de milho, a famosa Maizena)
  • ½ xic farinha de amêndoas
  • ½ xic polvilho doce
  • 1 col sopa fermento em pó

PRE-PARA

  1. Pré-aqueça o forno a 180º e unte com manteiga e enfarinhe uma forma de bolo inglês.
  2. Bata os ovos com açúcar e manteiga por 5 minutos ou até obter uma mistura fofa e esbranquiçada, que dobre de tamanho.
  3. Adicione as farinhas, intercalando com o leite vegetal.
  4. Por último, acrescente o fermento com cuidado, apenas para incorporá-lo na massa,
  5. Leve para assar por aproximadamente 25 minutos ou até que passe no teste do palito.

Vale avisar: esse bolo fica bem fofinho no dia, mas com o passar dos dias ele vai ressecando e endurecendo.

Bolo Fofinho de Amêndoas Sem Glúten e Sem Lactose