Pesto alla Genovese (genovês) e uma ideia para Happy Hour

Pesto alla genovese (genovês) e uma ideia para Happy Hour

Camembert assado na massa folhada, pesto, presunto coppa (e torradas que não apareceram na foto). Um happy hour deveras honesto!

Oioioioioiiiii

Chega sexta-feira e tá todo mundo mais animado que criança quando ganha brinquedo novo neam? Sei comé.

Todo mundo só quer saber das 6 da tarde, hora de sair do trabalho pra encontrar cozamigue pra beber umas biritas e comer alguma coisa. #quemnãocurte?

Apesar de eu e o maridones trabalharmos ~de casa~, o happy hour da sexta é SAGRADO. Acompanhado de vinho ou cerveja, a esbaldação gastronômica e alcoólica é certa. A ideia do happy hour da sexta passada nasceu da necessidade de ter tudo preparado em 30 minutos. Devo dizer que completei a tarefa com louvor. #timemasterchefaustraliaforever

Masterchef forever

Me chamem!!!

Vamo lá:

Ingredientes (serve dois pedreiros mortos de fome)

Para o camembert na massa folhada

  • 1 queijo camembert inteiro
  • 1 massa folhada (pode ser massa filó também) comprada pronta
  • água para pincelar

Para o pesto

  • 1 ½ xic de folhas de manjericão
  • 1 ½  col sopa pignoli (tb chamado de pinhão em PT). Se for difícil de encontrar substitua por nozes.
  • 1 dente de alho
  • 4 col sopa queijo pecorino ralado
  • sal a gosto (eu nem coloquei)
  • ½ xic azeite extra-virgem

PRE-PA-RA

  1. Para preparar o camembert assado, disponha a massa folhada em uma travessa forrada com papel manteiga. Coloque o queijo no centro da massa e junte as bordas para formar uma cestinha com a massa. Pincele água na borda. Leve para assar em forno pré-aquecido a 200º por 20 minutos ou até dourar.
  2. Para o pesto, é só amassar os ingredientes em um almofariz (no Brasil chama pilão) ou em qualquer lugar que dê (eu acho meio heresia, uma vez que pesto em italiano significa moer, mas dá pra bater tudo no liquidificador ou processador também), começando pelo alho. Quando estiver bem amassado, acrescente o manjericão, depois o pinoli, depois o queijo. Por último, misture o azeite e moa até que tudo esteja bem amassado e incorporado.

Pesto alla genovese (genovês) e uma ideia para Happy Hour

Dica 1: O  meu pesto ficou bem claro porque eu usei pouco manjericão. Para um pesto bem escuro (que eu prefiro, mas o marido não), é só colocar mais ½ xic a 1 xíc de manjericão na receita.

Dica 2: O pesto tem que ficar no seu gosto, portanto, se achar que está faltando azeite ou manjericão ou sal ou queijo ou whatever, é só colocar e ser feliz. O importante é que você goste do sabor e coma feliz! Exercite seu paladar culinário. ;)

Pesto alla genovese (genovês) e uma ideia para Happy Hour

Manjericão, alho, pignole, pecorino, moinho de sal (que eu nem usei) e azeite.

Pesto alla genovese (genovês) e uma ideia para Happy Hour

Anúncios

Bolo de Fubá e Coco maromba – sem Glúten e sem Lactose

Bolo de Fubá e Coco - sem Glúten e sem Lactose

#projetogarotadeipanema (depois da pneumonia)

CALMA. RESPIRA. RELAXA.

Não. Esse blog não tá virando um blog de comida FIT #partiuacademia #força #foco #fé #nopainnogain

Mas de vez em quando uma receitinha maromba pra comer sem vontade de chorar depois não faz mal a ninguém, né?

A receita de hoje nasceu de uma vontade enorme de comer bolo de fubá com café preto passado na hora. Sabe aquelas vontades LOOOOOOOOOOOUCAS? Pois é, foi assim. Bolo de fubá tem gosto de comida de mãe neam… ~ou seje~ é aquela comida que só falta de abraçar e te fazer cafuné. É tipo pão de queijo também…

Bom, como eu tava falando lá no começo, eu quis fazer uma versão que desse pra comer sem vontade de passar o resto do dia só na folha de alface pra compensar. E não é que deu certo???

O bolo não fica muito molhadinho (ao menos a versão que eu fiz é mais seca). Mas irei acrescentar mais líquido da próxima vez pra ver se dá certo. Se der, prometo que faço um update aqui pra contar. Por enquanto a gente fica com a versão que prestou, okay?

Ingredientes

  • 3 ovos
  • 1 xíc de fubá
  • 1/2 xic de óleo (eu usei azeite, mas pode ser óleo de coco que também dá certo)
  • 3 col sopa adoçante culinário
  • 1 xíc água (pode ser leite de coco que fica ainda melhor)
  • 3 col sopa farinha de arroz
  • 100 g coco ralado
  • 1 col chá de fermento em pó
  • óleo de coco e açúcar para untar (pode usar o fubá também, mas eu achei que esse bolo tava muito light pro meu gosto e fui de açúcar mesmo)

PRE-PA-RA

  1. Pré-aqueça o forno a 180º e unte uma forma com furo no meio.
  2. Em uma tigela, bata os ovos por mais ou menos 5 minutos sem parar (uma batedeira vai bem caso você não queira malhar o braço). Eles irão dobrar de tamanho e formar uma massa bem fofa.
  3. Acrescente o restante dos ingredientes menos o fermento e mexa bem.
  4. Por último, o fermento e mexa apenas para incorporar.
  5. Leve imediatamente para assar por aproximadamente 35 minutos ou até dourar (o tempo de forno pode variar, portanto, a partir dos 25 minutos vá monitorando e faça o teste do palito!)
  6. Espere esfriar e desenforme.

Coma sem moderação! – Mentchira, mas pode ser sem culpa :D

Bolo de Fubá e Coco maromba - sem Glúten e sem Lactose

Almôndegas de Berinjela e Courgette com Pasta de Lentilhas – #Vegano, dá para ser #gluten-free e #lowcarb!

Almôndega de Berinjela e Courgette com Pasta de Lentilhas

Tem dias que a gente acorda com o fiofó virado pra lua, os anjos dizem amém, a sua mão vira de fada e o universo conspira ao nosso favor na cozinha e aquela experiência, que você não faz nenhuma ideia se vai dar certo, fica DEUSA, LOUCA UMA FEITICEIRA de primeira. Foi assim com essas duas receitas.

A história começou com uma lentilha que no pacote estava escrito que deveria ser cozida por 25-35 minutos. Eu, como obediente que sou, deixei o mínimo para ver se ainda estava dura ou já estava boa. Quando eu abri, a surpresa: papa de lentilha.

Como ela já tinha passado do cozimento ideal, pensei: minhas opções são fazer uma pasta ou sopa. Fui de pasta e, caros amigues, que sábia decisão!

Fiz a pasta mais ou menos como um hommus, mas sem muita firulice. Só digo uma coisa: todo mundo comprando AGORA lentilha pra fazer essa pasta PRA ONTEM.

Com a berinjela e a courgette, a história não foi tão emocionante. Acontece que eu viajo amanhã e tinha que usá-las de alguma forma, senão estragariam. Eu preciso viajar sempre para ter ideias como essa, vou te contar. Bendita viagem, que trouxe para minha vida a DIVA da almôndega de berinjela e courgette! Adotei as duas receitas para a vida, sério.

E como eu to muito emocionada e as receitas combinam mais do que Romeu e Julieta, vou postar as duas hoje. #soulegal

Anotaí.

Ingredientes para as Almôndegas de Berinjela e Courgette (rende 8)

  • 3 col sopa azeite
  • 1 cebola pequena cortada em cubos
  • 2 dentes de alho ralados
  • 1/2 courgette grande ralada (no Brasil dá pra trocar perfeitamente pela abobrinha)
  • 1 berinjela média cortada em cubos (da próxima vez eu vou tentar ralar tb para que os pedaços não fiquem tão visíveis)
  • sal e pimenta do reino a gosto
  • suco de 1/2 limão siciliano
  • 1 xic aproximadamente de farelo de trigo – você pode precisar de mais ou menos para dar o ponto na massa (para uma versão gluten-free é só usar outro tipo de farinha, como a de arroz ou a de quinoa)
  • farinha de rosca (pão ralado em PT)

PRE-PARA

  1. Em uma panela em fogo médio para alto, refogue alho e cebola em azeite até começarem a ficar transparentes.
  2. Acrescente a berinjela e a courgette e tempere a gosto com sal e pimenta.
  3. Mexa de vez em quando para que a berinjela e a courgette soltem toda a água e cozinhem. Só pare de cozinhar quando elas já estiverem moles, o que não demora muito.
  4. Desligue o fogo e acrescente o farelo de trigo (ou outra farinha) e mexa bem, até que forme uma massa – a quantidade de farelo pode variar, acrescente até dar o ponto no qual ela não despedace. Deixe esfriar um pouco para você conseguir trabalhar a massa com as mãos.
  5. Aqueça o forno a 200º e unte uma forma com azeite.
  6. Coloque a farinha de rosca em um prato. Faça bolinhas com a massa de berinjela com a mão e envolva na farinha de rosca.
  7. Leve para assar por 20 minutos, aproximadamente – o tempo de forno depende de você: lembre-se que tudo já está cozido, o forno serve apenas para dar uma dourada na almôndega.
  8. Dá para servir também com molho de tomate. ;)

Ingredientes para Pasta de Lentilhas

  • 8 col sopa de lentilhas cozidas
  • 1 col sopa de tahini (pasta de gergelim/ sésamo)
  • 1 dente de alho ralado
  • suco de 1/2 limão siciliano
  • 1 punhado de salsinha picada
  • sal a gosto

PRE-PARA

  1. Misture tudo em um processador ou liquidificador. Sirva com azeite por cima.

 

Almôndega de Berinjela e Courgette com Pasta de Lentilhas - #Vegano, dá para ser #gluten-free e #lowcarb!

 

Almôndega de Berinjela e Courgette com Pasta de Lentilhas - #Vegano, dá para ser #gluten-free e #lowcarb!

Almôndega de Berinjela e Courgette com Pasta de Lentilhas - #Vegano, dá para ser #gluten-free e #lowcarb!

Sugestão de Cardápio para o Dia das Mães

Pensou que tia Stéfanie ia te deixar na mão nesse dia das moms?? Mas é claro que não!

Domingo é dia das mães (aí no Brasil, pq aqui foi domingo passado). Fiz uma sugestão supimpa no arquivo do blog de receitas que acalentam o coração de qualquer mãe.

Aos filhes que me lêem: enquanto a rainha do seu coração estiver ganhando massagem nos pés e relaxando na poltrona mudando de canal a cada 10 segundos fazendo seu pai perder o futebol, você estará na cozinha, esquentando a barriga no fogão, pra fazer aquela comidinha gostosa pra ela. ;) Afinal, ela lhes carregou nove meses na barriga, pariu, amamentou, perdeu noites de sono por sua causa e ainda hoje morre de preocupação e ainda pergunta se você escovou os dentes depois de comer. É o mínimo que você pode fazer, neam.

Que tal começar com aquele café da manhã digno da rainha da casa?

Café da manhã(Da esquerda para a direita)

 

  1. Pão de Queijo
  2. Panqueca Americana

No almoço, uma saladinha diferente vai bem. Minhas sugestões:

Saladas(Da esquerda para a direita)

  1. Salada Niçoise
  2. Salada de Bacalhau com Grão de Bico
  3. Tuna Pasta Fria

Se a sua família for grande, um prato só que dê para todo mundo é uma ótima pedida – leia-se menos trabalho:

Pratos Principais(Da esquerda para a direita, de cima para baixo)

  1. Escondidinho de Carne Seca com Batata-Doce
  2. Spaghetti Mediterrâneo
  3. Lasanha à Bolonhesa
  4. Paella de Frutos-do-Mar
  5. Arroz de Polvo
  6. Pato com Ervas de Provence

E para finalizar, uma bela sobremesa vai muito bem.

Sobremesas(Da esquerda para a direita)

  1. Sorvete de Doce de Leite
  2. Panna Cotta com Calda de Morangos
  3. Chocolate Fondant (Petit Gateau)

E é isso! Espero que todas as mamães tenham um dia maravilhoso, cercado dos rebentos. Bom final de semana, pípou!

Pão de Hamburguer

Pão de Hamburguer

Uma pequena pausa para a pessoa burrona que não tirou fotos dygnas do pão de hamburguer aka EU. To quase pra me matar agora.

ANFÃ.

No aniversário do maridones eu decidi que ia fazer o pão. Gente, eu não tenho como expressar meu ÓDIO ETERNO por pão de pacote. Pra mim aquilo é a coisa mais deplorável do mundo. Um pão que tá há dias ali dentro e não estraga? Só pode ter pacto com o demo!

Fora que o gosto é pééééssimo. Tem gosto de isopor. #oremos

Gente, eu vou contar uma coisa pra vocês. Esse pão foi O SUCESSO da noite. A grata surpresa, mesmo. Nem nos meus melhores sonhos eu achei que pudesse acertar no pão de hamburguer assim, de primeira. To apaixonada.

Essa receita (sem o gergelim) pode ser usada para fazer pão de cachorro-quente também.

Ingredientes (rende 9 pães grandes)

  • 4 xíc de farinha de trigo
  • 1 xic água morna (tem que fazer o teste do dedo: se colocar o dedo por 10 segundos imerso na água e aguentar, ta na temperatura ideal)
  • 1/2 xic água morna (talvez não precise – só usar caso a massa não dê o ponto)
  • 1 ovo
  • 1 col sopa bem cheia de manteiga em temperatura ambiente
  • 2 col sopa de açúcar
  • 1 col chá de sal
  • 6 g fermento para pão (1/2 sachê)
  • 1 xic água e gergelim para polvilhar no pão.

PRE-PARA

  1. Em uma tigela, coloque a farinha de trigo, o açúcar e o fermento e misture.
  2. Misture a água morna (1 xíc) e mexa com uma colher de pau.
  3. Acrescente o ovo e a manteiga e mexa mais.
  4. Acrescente o sal e misture.
  5. Em uma bancada, sove a massa por 10 minutos. Talvez você vá precisar de mais farinha, mas coloque aos poucos, somente o necessário para a massa desgrudar das mãos. A massa NÃO DEVE ficar com farinha a mais pois assim ela fica pesada.
  6. Coloque a massa em uma vasilha em local escuro e quente e deixe crescer até dobrar de volume (45 min a 1 hora).
  7. Após esse tempo, volte o pão pra bancada e tire o ar da massa. Faça bolas com o pão, de forma que não deixe entrar ar na massa (essa etapa é crucial para que os pães não criem ar por dentro. As bolas devem ficar densas).
  8. Passe água por cima dos pães e depois coloque as sementes de gergelim.
  9. Arrume os pães na forma (eu não untei, mas a minha forma era antiaderente) e leve para local escuro e quente para voltarem a crescer até dobrar de tamanho.
  10. Em forno pré-aquecido a 180º, leve os pães para assar até que estejam dourados (os meus demoraram 25 minutos mais ou menos para chegarem a essa cor).
  11. COMA COM GOSTO! <3

Beijos e bom fim-de-semana, galera!

Pão de Hamburguer

Pão de Hamburguer